FICHA TÉCNICA DO RECURSO

ABORDAGEM INTERDISCIPLINAR AOS PORTADORES DE DIABETES MELLITUS DA ESF CUT CANAÃ-PONTA PORÃ-MS
O diabetes mellitus causa complicações crônicas graves comprometendo a qualidade de vida e a sobrevida. É possível que que ações educativas, reverta em melhor controle metabólico e qualidade de vida por meio do incentivo à mudanças de hábitos de vida. Objetivo do trabalho: Elaborar e executar um plano de intervenção, com enfoque na qualidade de vida dos diabéticos cadastrados na ESF CUT CANAÃ, zona rural de Ponta Porã - MS, por uma equipe multiprofissional, visando uma melhora na qualidade de vida e a diminuição dos níveis glicêmicos e lipídicos às pessoas portadoras de diabetes Mellitus. Método utilizado: foram selecionados 11 pacientes voluntários, 4 mulheres e 7 homens, com idade média de 58 anos portadores de Diabetes mellitus e dislipidêmicos, foram coletados exames de sangue para controle dos níveis de glicemia, hemoglobina glicosilada e colesterol, para posterior comparação, foi elaborado um plano de exercícios físicos para execução domiciliar, por um profissional educador físico, sua execução foi monitorada pela equipe multidisciplinar que envolveu Agentes Comunitários de Saúde, o educador físico, o médico e a enfermeira. Os participantes receberam orientações na Unidade de Saúde, sobre dietas e hábitos saudáveis, fizeram glicêmico controle glicêmico através de consulta médica trimestral para avaliar a evolução e reforçar a adesão ao programa. Resultados: um programa intensivo com esta característica multiprofissional e interdisciplinar para instituir mudanças em hábitos de vida trouxe benefícios metabólicos e “extra-metabólicos” aos indivíduos portadores de diabetes mellitus e dislipidêmicos, melhorou de forma acentuada a qualidade de vida, houve diminuição significativa dos níveis glicêmicos e níveis lipídicos como colesterol e triglicérides, com resultado relevante e satisfatório do que apenas o acompanhamento tradicional feito nas unidades de saúde, além de contribuir para reduzir sintomas de depressão e compulsão alimentar.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/10087
18/Jan/2018

  • ANTROPOLOGIA, EDUCAÇÃO, SOCIOLOGIA E FENÔMENOS SOCIAIS (I)
  • Ciências Sociais (I01)
  • CIÊNCIAS HUMANAS (K)
  • Ciências Humanas (K01)
  • Filosofia (K01.752)
  • Vida (K01.752.400)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Meio Ambiente e Saúde Pública (N06)
  • Saúde Pública (N06.850)
  • Medidas em Epidemiologia (N06.850.505)
  • Demografia (N06.850.505.400)
  • Nível de Saúde (N06.850.505.400.425)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Saúde Ambiental (SP4)
  • Qualidade Ambiental (SP4.077)

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Nutricionais e Metabólicas (C18)
  • Doenças Metabólicas (C18.452)
  • Transtornos do Metabolismo de Glucose (C18.452.394)
  • DOENÇAS (C)
  • Doenças do Sistema Endócrino (C19)

  • ANTROPOLOGIA, EDUCAÇÃO, SOCIOLOGIA E FENÔMENOS SOCIAIS (I)
  • Educação (I02)
  • Educação não Profissionalizante (I02.233)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços (N02)
  • Serviços de Saúde (N02.421)
  • Serviços Preventivos de Saúde (N02.421.726)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Promoção da Saúde (SP2.021)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Desastres (SP8)
  • Administração de Desastres (SP8.946)
  • Educação em Desastres (SP8.946.234)