FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Ação de incentivo à correta adesão ao tratamento anti-hipertensivo dos pacientes da unidade básica de saúde Bucuituba, Boquira - BA
A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma síndrome caracterizada pelo aumento dos níveis pressóricos, sendo a causa de complicações cerebrovasculares, cardíacas e renais e a principal causa de morte no mundo. Agravam esta situação a presença de fatores de risco modificáveis como obesidade, sedentarismo, maus hábitos de alimentação, baixa escolaridade e analfabetismo, além da não adesão ao tratamento. Neste contexto, elaborou-se um plano de ação para incentivar uma correta adesão ao tratamento anti-hipertensivo dos pacientes na Unidade Básica de Saúde (UBS) Bucuituba, município Boquira, estado Bahia. Primeiramente, realizou-se um diagnóstico situacional da comunidade e uma revisão bibliográfica sobre este tema. Esperamos desenvolver ações de educação em saúde para promover estilos de vida saudáveis, capacitar as pessoas e grupos sobre o que é HAS, seus fatores de risco, suas complicações, importância de uma boa adesão ao tratamento e um bom controle dos níveis pressóricos.

  • DOENÇAS (C )
  • Doenças Cardiovasculares (C14 )
  • Doenças Vasculares (C14.907 )

  • TÉCNICAS E EQUIPAMENTOS ANALÍTICOS, DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS (E )
  • Técnicas de Pesquisa (E05 )
  • Métodos Epidemiológicos (E05.318 )
  • Estatística como Assunto (E05.318.740 )
  • Probabilidade (E05.318.740.600 )
  • Risco (E05.318.740.600.800 )
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N )
  • Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde (N05 )
  • Qualidade da Assistência à Saúde (N05.715 )
  • Fatores Epidemiológicos (N05.715.350 )
  • Causalidade (N05.715.350.200 )
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N )
  • Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde (N05 )
  • Qualidade da Assistência à Saúde (N05.715 )
  • Mecanismos de Avaliação da Assistência à Saúde (N05.715.360 )
  • Estatística como Assunto (N05.715.360.750 )
  • Probabilidade (N05.715.360.750.625 )
  • Risco (N05.715.360.750.625.700 )
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N )
  • Meio Ambiente e Saúde Pública (N06 )
  • Saúde Pública (N06.850 )
  • Fatores Epidemiológicos (N06.850.490 )
  • Causalidade (N06.850.490.625 )
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N )
  • Meio Ambiente e Saúde Pública (N06 )
  • Saúde Pública (N06.850 )
  • Métodos Epidemiológicos (N06.850.520 )
  • Estatística como Assunto (N06.850.520.830 )
  • Probabilidade (N06.850.520.830.600 )
  • Risco (N06.850.520.830.600.800 )
  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • Saúde Ambiental (SP4 )
  • Fenômenos Biológicos (SP4.102 )
  • Fenômenos Ecológicos e Ambientais (SP4.102.072 )
  • Ecotoxicologia (SP4.102.072.092 )
  • Poluição Ambiental (SP4.102.072.092.693 )
  • Riscos Ambientais (SP4.102.072.092.693.334 )
  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • Epidemiologia e Bioestatística (SP5 )
  • Epidemiologia (SP5.001 )
  • Medidas de Associação, Exposição, Risco ou Desfecho (SP5.001.037 )
  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • Desastres (SP8 )
  • Risco (SP8.473 )
  • Medição de Risco (SP8.473.327 )

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N )
  • Administração de Serviços de Saúde (N04 )
  • Administração dos Cuidados ao Paciente (N04.590 )
  • Assistência Integral à Saúde (N04.590.233 )
  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • Atenção à Saúde (SP2 )
  • Níveis de Atenção à Saúde (SP2.001 )
  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • Atenção à Saúde (SP2 )
  • Assistência Integral à Saúde (SP2.122 )
  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • Saúde Ambiental (SP4 )
  • Serviços de Saúde (SP4.002 )
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/10546
12/Jun/2018