FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Acompanhamento ao paciente hipertenso: adesão terapêutica anti-hipertensiva em uma unidade da estratégia saúde da família do município de Pedro II, Piauí
A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) não controlada configura-se um grave problema médico-social, tanto nos países desenvolvidos, quanto nos países em desenvolvimento. Nos últimos anos, o Ministério da Saúde vem implantando programas de prevenção, promoção e controle da HAS. O presente trabalho objetiva de forma geral promover a adesão terapêutica anti-hipertensiva em pacientes atendidos pela Estratégia Saúde da Família (ESF) São Francisco no Município de Pedro II, Piauí. O projeto se dará em três etapas: capacitação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s), acolhimento dos usuários e posterior execução do projeto. Com o emprego desse projeto de intervenção, espera-se que ocorra uma melhora crescente na qualidade de saúde dos usuários acometidos pela hipertensão arterial sistêmica, por meio do aumento do conhecimento frente a patologia, como os seus fatores de risco, sintomas, agravos, e a importância da realização do tratamento para prevenção de complicações.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/10723
07/Aug/2018

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Cardiovasculares (C14)
  • Doenças Vasculares (C14.907)


  • TÉCNICAS E EQUIPAMENTOS ANALÍTICOS, DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS (E)
  • VIGILÂNCIA SANITÁRIA (VS)
  • Vigilância Sanitária de Serviços de Saúde (VS3)
  • Assistência à Saúde (VS3.003)
  • Assistência ao Paciente (VS3.003.001)