FICHA TÉCNICA DO RECURSO

AÇÕES DE PROMOÇÃO DA SAÚDE PARA DIMINUIR COMPLICAÇÕES DA HIPERTENSÃO ARTERIAL EM UMA UNIDADE DE SAÚDE
A Hipertensão Arterial Sistêmica constitui um dos principais motivos de consulta nas populações do mundo, as complicações da hipertensão são umas das primeiras causas de óbito em todos os países, o alto índice de pacientes atingidos em nossa área de abrangência por esta doença foi nosso principal motivo para fazer um estudo de intervenção comunitária na ESF de Soledade que pertence ao município Itapagé, durante o período compreendido desde Janeiro-Agosto de 2015. Para realizar a investigação se coordenará com os gestores pertinentes a fim de garantir a oportuna ajuda e cooperação da mesma. De um universo de 335 hipertensos, serão escolhidos 75 casos mediante o programa de Epidat com um 10% de perdas. A intervenção divida-se em três etapas: diagnóstico, intervenção e avaliação. O qual permitirá ter um diagnóstico inicial, uma proposta de atividades educativas para solução do problema e uma avaliação final. A coleta de dados se fará através da aplicação de um questionário com perguntas fechadas, aplicado pelo autor e inclui aspectos sociodemograficos como: idade, sexo, ocupação e nível de conhecimentos sobre a doença. A informação se processará a través de um computador Acer core i3, os resultados serão apresentados em tabelas simples com números absolutos em tantos por cento; o que permitirá suas análises e discussão a partir de os resultados obtidos. Com o projeto espera-se elevar o nível de conhecimento dos participantes em relação à HAS, lograr maior controle das cifras de tensão arterial, modificar fatores de riscos, mudar estilos de vidas errados e reduzir a morbimortalidade por esta doença. Além de sensibilizar aos gestores implicados para garantir maior cobertura de medicamentos nas ESF e uma melhor restruturação dos serviços de atendimentos a esta doença nos postos de saúde.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/11272
03/Dec/2018

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Cardiovasculares (C14)
  • Doenças Vasculares (C14.907)

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Políticas, Planejamento e Administração em Saúde (SP1)
  • Política de Saúde (SP1.001)
  • Estratégias de Saúde (SP1.001.007)
  • Estratégias de Saúde Nacionais (SP1.001.007.023)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)
  • Saúde da Família (SP2.006.052)

  • ANTROPOLOGIA, EDUCAÇÃO, SOCIOLOGIA E FENÔMENOS SOCIAIS (I)
  • Educação (I02)
  • Educação não Profissionalizante (I02.233)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços (N02)
  • Serviços de Saúde (N02.421)
  • Serviços Preventivos de Saúde (N02.421.726)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Promoção da Saúde (SP2.021)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Desastres (SP8)
  • Administração de Desastres (SP8.946)
  • Educação em Desastres (SP8.946.234)