FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Proposta de intervenção combate à obesidade e sobrepeso em crianças e adolescentes, na área de abrangência da unidade básica de saúde do bairro Alto Vera Cruz no município de Belo Horizonte
O aumento da prevalência da obesidade no Brasil é proporcionalmente mais elevado entre as famílias de baixa renda. A obesidade infantil pode acarretar diversos agravos de saúde, como maior predisposição para desenvolver dislipidemia (níveis elevados ou anormais de líquidos e/ou lipoproteínas no sangue), hipertensão, doenças cardiovasculares, problemas endócrinos, diabetes, gástricos, pulmonares, apneia, problemas ortopédicos e neurológicos. Para tanto, o objetivo do presente projeto é realizar uma intervenção para redução e controle da obesidade e sobrepeso em crianças e adolescentes de forma multidisciplinar na área de abrangência da Unidade Básica de Saúde do bairro Alto Vera Cruz no Município de Belo Horizonte. Os dados levantados foram baseados pelo Método da Estimativa Rápida. A revisão da literatura foi realizada mediante busca de artigos indexados nas bases de dados da MEDLINE, Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde (LILACS) e Scientific Eletronic Library On-Line (SciELO), além do Google Acadêmico e dissertações e teses publicados no período de 2000 a 2017. Empregou-se os descritores: obesidade pediátrica e consequências da obesidade infantil. Posteriormente foi realizada a elaboração de diagnóstico de saúde e uma revisão de literatura por meio de busca de artigos. Foram selecionados os seguintes nós críticos relacionados ao sobrepeso e a obesidade infantil no bairro Alto Vera Cruz: má alimentação, sedentarismo e falta de projetos de atividades físicas para criança e adolescentes. Para os nós críticos sedentarismo e falta de projetos de atividades físicas para criança e adolescente, o plano de ação será a sugestão da criação da "Academia da Cidade Mirim" com objetivo de fomentar a prática regular de atividades físicas para a faixa etária de crianças e adolescentes. Para o nó crítico má alimentação, o plano de ação será o "Programa Família Saudável", no qual, a população participante terá orientações teórico-práticas de alimentação saudável e prática de atividades físicas, em que os participantes e toda sua família serão convidados. Acredita-se que através dos planos de ação: "Academia da Cidade Mirim" e "Programa Família Saudável" haja uma redução significativa da obesidade infantil e uma maior corresponsabilização e autonomia dos usuários. É necessário ainda, promover a continuidade do projeto e realizar avaliações periódicas. Sugere-se que novas pesquisas sejam realizadas também para mensurar o impacto destes Planos de Ação nesta região
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/11895
05/Apr/2019

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Nutricionais e Metabólicas (C18)
  • Transtornos Nutricionais (C18.654)
  • Hipernutrição (C18.654.726)
  • Obesidade (C18.654.726.500)
  • DOENÇAS (C)
  • Condições Patológicas, Sinais e Sintomas (C23)
  • Sinais e Sintomas (C23.888)
  • Peso Corporal (C23.888.144)
  • Sobrepeso (C23.888.144.699)
  • Obesidade (C23.888.144.699.500)
  • TÉCNICAS E EQUIPAMENTOS ANALÍTICOS, DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS (E)
  • Diagnóstico (E01)
  • Técnicas e Procedimentos Diagnósticos (E01.370)
  • Exame Físico (E01.370.600)
  • Constituição Corporal (E01.370.600.115)
  • Pesos e Medidas Corporais (E01.370.600.115.100)
  • Tamanho Corporal (E01.370.600.115.100.160)
  • Peso Corporal (E01.370.600.115.100.160.120)
  • Sobrepeso (E01.370.600.115.100.160.120.699)
  • Obesidade (E01.370.600.115.100.160.120.699.500)
  • FENÔMENOS E PROCESSOS (G)
  • Fenômenos Fisiológicos (G07)
  • Constituição Corporal (G07.100)
  • Pesos e Medidas Corporais (G07.100.100)
  • Tamanho Corporal (G07.100.100.160)
  • Peso Corporal (G07.100.100.160.120)
  • Sobrepeso (G07.100.100.160.120.699)
  • Obesidade (G07.100.100.160.120.699.500)


  • DENOMINAÇÕES DE GRUPOS (M)
  • Pessoas (M01)
  • Grupos Etários (M01.060)

  • DENOMINAÇÕES DE GRUPOS (M)
  • Pessoas (M01)
  • Grupos Etários (M01.060)