FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Ferramentas do processo de trabalho na atenção básica à saúde
Tópico 1 – Processos de Trabalho em Atenção Básica O tópico mostra que o trabalho das EFSs está especificado pelo MS por meio da Portaria 2488/2001, definindo a política de AB em doze itens, sendo os quatro primeiros referentes à atualização mensal de informações na perspectiva da vigilância em saúde por diversos atores, apresentando com o exemplo o trabalho em Santa Catarina. Mostra, também, as dificuldades da realização desse trabalho devido ao não fornecimento adequado dos dados. Tópico 2 – Apropriação do Território O tópico trata da importância do acompanhamento sistemático do espaço social, incluindo aspectos econômicos, políticos, culturais e epidemiológicos, para a elaboração do mapa inteligente com os marcadores de saúde eleitos, no planejamento, pela gestão local, para atenção às famílias, priorizando áreas e situações de risco. Tópico 3 – Reconhecimento e enfretamento dos problemas O tópico aborda o reconhecimento e enfrentamento de problemas no trabalho de ESF, conforme os princípios de integralidade, universalidade e equidade, a importância da qualificação do planejamento local, ações e estratégias, assim como da atenção integrada conforme os itens V a IX da Portaria 2488/2001 do MS, sobre a necessidade de realização de reuniões de discussão para acompanhamento e avaliação do trabalho. Unidade 4 do módulo 6 que compõe o Curso de Especialização Multiprofissional em Saúde da Família.


  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N )
  • Administração de Serviços de Saúde (N04 )
  • Administração dos Cuidados ao Paciente (N04.590 )
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N )
  • Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde (N05 )
  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • VIGILÂNCIA SANITÁRIA (VS )
  • Vigilância Sanitária de Serviços de Saúde (VS3 )


https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/1213
28/Jun/2014