FICHA TÉCNICA DO RECURSO

PREVALÊNCIA, CONHECIMENTO E ADESÃO AO TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA EM ADULTOS DO EQUIPE 9 DA UBS COCAIA, EM CAPELA DE SOCORRO
A hipertensão arterial é considerada como uma doença e um fator de risco cardiovascular, sendo uma das doenças que causam a maior mortalidade em todo o mundo, e apesar dessas valores, o nível de adesão terapêutica é baixo. Neste trabalho estudamos uma amostra de 220 pacientes diagnosticados de hipertensão arterial essencial da equipe 9 da Unidade de Saúde Básica da Cocaia, onde avaliamos a adesão ao tratamento terapêutico, bem como o nível de conhecimento sobre a doença e como segundo objetivo investigamos  os fatores de risco associados, bem como a presença de sinais de descompensação ou presença de sequelas. A maior porcentagem da amostra correspondeu ao sexo feminino, com 124 pacientes (56,4%) e 96 homens (43,6%), a faixa etária que predominou foi de 51 a 60 anos (51,8%). O grupo de pacientes não aderentes predominou com 117 (53,19), os fatores de risco que predominaram foram a dislipidemia com 75,4%, seguida de obesidade e estilo de vida sedentário  
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/12202
13/May/2019
  • Hipertensão Arterial
  • Adesão ao tratamento
  • Doença cardiovascular