FICHA TÉCNICA DO RECURSO

ESTRATÉGIA DE CONTINUIDADE DO CUIDADO AO HIPERTENSO E CLASSIFICAÇÃO DE RISCO CARDIOVASCULAR.
Pacientes hipertensos não controlados, com complicações e/ou sequelas da HAS, são a realidade de inúmeros serviços de saúde com consultas de acolhimento ou unidades de pronto atendimento. Uma programação adequada do hipertenso em consultas agendadas, com a periodicidade de acordo a classificação de risco cardiovascular em que se enquadra,  poderia reduzir significativamente a demanda espontânea, resultando assim em pacientes com uma melhor orientação em relação a sua doenca crônico-degenerativa, melhor aderencia ao tratamento com seguimento e controle adequados.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/12215
13/May/2019
  • Hipertensão
  • Aderência
  • Acolhimento