FICHA TÉCNICA DO RECURSO

O uso de psicofármacos pela população idosa da Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Marechal, município de Marechal Cândido Rondon - PR
Introdução: O aumento dos diagnósticos de transtornos psiquiátricos, os novos medicamentos disponíveis, as novas indicações terapêuticas de psicofármacos e os fatores de risco psicossociais estão relacionados com o aumento da utilização dos psicofármacos. Apesar das recomendações contra o uso prolongado de psicofármacos, percebe-se que a utilização por tempo inapropriado e sem o controle e seguimento está presente principalmente entre os idosos, sendo as equipes de atenção primária à saúde uma das principais responsáveis pelo acesso aos medicamentos. Objetivo: Diminuir o uso excessivo de psicofármacos na população idosa da Unidade Básica de Saúde Jardim Marechal, município de Marechal Cândido Rondon. Metodologia: Realizou-se o estudo com os 210 idosos pertencentes à área adstrita da Unidade de Saúde Jardim Marechal, na cidade de Marechal Cândido Rondon, no oeste do Paraná, criando um sistema de informação, o qual contém todos os dados dos usuários que fazem uso de psicofármacos, identificando os principais fatores de risco psicossociais associados aos diagnósticos de transtorno mental. A partir destes dados foi criado o calendário de ações de promoção e prevenção de saúde, com atividades quinzenais e estratégias multidisciplinares com a colaboração do Núcleo de Apoio a Saúde da Família para o acompanhamento dos pacientes. Resultados Esperados: Com a implementação do projeto, esperamos um controle de 100% dos pacientes idosos que fazem uso de psicofármacos, com uma diminuição do uso excessivo dos mesmos, diminuição dos fatores de risco psicossociais e dos diagnósticos de transtornos mentais principalmente depressão e ansiedade, fortalecendo a atenção primária à saúde do idoso de forma contínua e permanente.
Psicofármacos
Psicotrópicos
Saúde do Idoso
Atenção Primária à Saúde
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/12734
15/May/2019