FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Hipertensão Arterial, como preveni-la
Introdução: O Sistema Único de Saúde (SUS) é um dos maiores sistemas públicos de saúde do mundo. Ele abrange desde o simples atendimento ambulatorial até o transplante de órgãos. Junto com ele existe a atenção básica ou atenção primária em saúde é conhecida como a "porta de entrada" dos usuários nos sistemas de saúde. Seu objetivo é orientar sobre a prevenção de doenças, solucionar os possíveis casos de agravos e direcionar os mais graves para níveis de atendimento superiores em complexidade. A Hipertensão Arterial Sistêmica. No Brasil: tem alta prevalência e baixas taxas de controle, é considerada um dos principais fatores de risco (FR) modificáveis e um dos mais importantes problemas de saúde pública. Além disso, está intimamente ligado a rotina de trabalho da equipe que atua na UBS. Objetivo geral: Implementar ações para diminuição dos agravos relacionados a Hipertensão Arterial Sistêmica e seus correlatos cardiovasculares na Unidade Básica de Saúde. Metodologia: Dentro dos objetivos já traçados esta metodologia se dedica a atenção de pessoas de todas as idades, de ambos os sexos, portadoras de HAS com ou sem diagnósticos, Serão feitas ações semanais de educação sobre a HAS, fatores associados e seus efeitos. Essa ações contemplarão atividades presenciais, em forma de grupo, sobre prevenção e tratamento da doença, com apresentação de experiências exitosas. As ações acontecerão todas as quintas-feiras de cada semana, às 09:00hs, na área da Igreja Frei Rogério ou na área gramada em frente à praça (quando o tempo possibilitar) da UBS do Frei Rogerio na cidade de Lages estado de Santa Catarina. Resultados esperados: Alcançar bons resultados na melhoria da qualidade de vida da população. Sendo assim o como enfoque deste trabalho atuar para evitar complicações dadas pela HAS. Assim como conseguir o controle de níveis pressóricos aceitáveis e padronizados para evitar as complicações crônicas. Nesta ações são esperados que consiga adesão as metas estabelecidas para diminuição dos agravos da HAS, abandono do tabaco, abandono do Álcool e como o fortalecimento psicológico que se ganha quando consegue atingir metas pré- estabelecidas


  • PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA (F )
  • Comportamento e Mecanismos Comportamentais (F01 )
  • Comportamento (F01.145 )

  • PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA (F )
  • Comportamento e Mecanismos Comportamentais (F01 )
  • Comportamento (F01.145 )
  • PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA (F )
  • Comportamento e Mecanismos Comportamentais (F01 )
  • Psicologia Social (F01.829 )
  • Estilo de Vida (F01.829.458 )

  • DOENÇAS (C )
  • Doenças Nutricionais e Metabólicas (C18 )
  • Transtornos Nutricionais (C18.654 )
  • Hipernutrição (C18.654.726 )
  • DOENÇAS (C )
  • Condições Patológicas, Sinais e Sintomas (C23 )
  • Sinais e Sintomas (C23.888 )
  • Peso Corporal (C23.888.144 )
  • Sobrepeso (C23.888.144.699 )
  • TÉCNICAS E EQUIPAMENTOS ANALÍTICOS, DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS (E )
  • Diagnóstico (E01 )
  • Técnicas e Procedimentos Diagnósticos (E01.370 )
  • Exame Físico (E01.370.600 )
  • Constituição Corporal (E01.370.600.115 )
  • Pesos e Medidas Corporais (E01.370.600.115.100 )
  • Tamanho Corporal (E01.370.600.115.100.160 )
  • Peso Corporal (E01.370.600.115.100.160.120 )
  • Sobrepeso (E01.370.600.115.100.160.120.699 )
  • FENÔMENOS E PROCESSOS (G )
  • Fenômenos Fisiológicos (G07 )
  • Constituição Corporal (G07.100 )
  • Pesos e Medidas Corporais (G07.100.100 )
  • Tamanho Corporal (G07.100.100.160 )
  • Peso Corporal (G07.100.100.160.120 )
  • Sobrepeso (G07.100.100.160.120.699 )
  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • Ciências da Nutrição (SP6 )
  • Transtornos Nutricionais (SP6.016 )

  • FENÔMENOS E PROCESSOS (G )
  • Fenômenos Fisiológicos Circulatórios e Respiratórios (G09 )
  • Fenômenos Fisiológicos Cardiovasculares (G09.330 )
  • Hemodinâmica (G09.330.380 )
  • Pressão Sanguínea (G09.330.380.076 )
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/13047
15/May/2019