FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Educação em saúde para hipertensos: um projeto de intervenção no bairro da Esquina, Urubici, Santa Catarina
Introdução: A Organização Mundial da Saúde definiu a hipertensão arterial sistêmica como “uma doença caracterizada por uma elevação crônica da pressão arterial sistólica e/ou diastólica”. A hipertensão arterial apresenta incidência mundial, apresenta-se como principal fator de risco na morbimortalidade por doenças isquêmicas cardiovasculares na população adulta e o denominador comum de todos os estudos relacionados é que se trata de um problema de saúde que merece atenção esmerada por todos os profissionais da saúde pública. Objetivo: Elaborar um Plano Educacional de saúde para pacientes Hipertensos no bairro da Esquina, em Urubici, estado de Santa Catarina. Metodologia: A metodologia utilizada na presente investigação toma como referência os pressupostos da pesquisa ação que propõe , primeiramente foi preciso a aplicação de um instrumento para identificação dos problemas e posterior priorização dos mesmos, procura de alternativas de solução, elaboração do plano de ação, vigilância, avaliação da situação de saúde e o impacto das intervenções estabelecidas no plano de ação. O estudo acontecerá no período de um ano, entre os meses de janeiro e dezembro de 2017. O universo estará representado pelo total de pacientes relacionados nos critérios de inclusão. A população será submetida a consultas e/ ou visitas domiciliares realizadas pelo médico, enfermeira, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde, coletando variáveis gerais e específicas necessárias para a investigação. Além disso, será preciso revisar os prontuários dos pacientes para completar a informação é finalmente participar no plano educacional para a prevenção da doença. Resultados Esperados: Pretende-se com esta proposta educacional ampliar o conhecimento frente a esta patologia e seus fatores de risco, estimular novas estratégias de trabalho para com isso diminuir a incidência e as consequências que a hipertensão está provocando e assim favorecer um melhor controle da doença e uma melhor qualidade de vida.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/13059
15/May/2019



  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Cardiovasculares (C14)
  • Doenças Vasculares (C14.907)

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)