FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Hipertensão Arterial Sistêmica nos pacientes acompanhados na Unidade Básica de Saúde de Rio Fortuna - SC
Introdução: a Unidade Básica de Saúde (UBS) Rio Fortuna possui duas Equipes de Saúde da Família (ESF) completas e uma equipe de Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF) Tipo 1. A equipe 2, atende uma população de 3774 pacientes. Deparamo-nos com o principal problema da comunidade acompanhada, a hipertensão arterial sistêmica (HAS) e sua alta incidência, que afeta diretamente a população e tem complicações preveníveis. A HAS é definida como pressão arterial sistólica maior ou igual a 140 mmHg e uma pressão arterial diastólica maior ou igual a 90 mmHg, em indivíduos que não estão fazendo uso de medicação anti- hipertensiva. Objetivo: diminuir a incidência de HAS na equipe de ESF, acompanhadas pela UBS de Rio Fortuna-SC. Meodologia: Para a realização deste projeto serão desenvolvidas ações como: apresentação do projeto e entrega das listas com dados dos pacientes, entrega dos convites aos pacientes, capacitação de todos os profissionais da ESF dois sobre a HAS, seus fatores de risco e complicações, caracterização da população do estudo atendendo as variáveis sociodemográficas (grupos de idades, sexo, escolaridade, e estado civil), palestras e dinâmica de grupo, que contribuíram aos conhecimentos dos pacientes sobre a doença, seu controle e mudança de estilo de vida. Resultados esperados: espera-se reforçar os conhecimentos gerais a toda população sobre a HAS, para assim desenvolver mudanças nos hábitos e estilos de vida dos hipertensos, eliminar o sedentarismo, obesidade, os hábitos tóxicos, a inatividade física e o estresse.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/13149
15/May/2019



  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Cardiovasculares (C14)
  • Doenças Vasculares (C14.907)