FICHA TÉCNICA DO RECURSO

MELHORIA DA ATENÇÃO AOS PACIENTES COM HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA ATENDIDOS NA UBS VERMELHÃO, EM CORRENTE-PI
O artigo apresenta experiências e reflexões sobre a Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) que é considerada um grave problema de saúde pública global, devido a sua alta prevalência e baixas taxas de controle. É uma doença multifatorial, associa-se a várias complicações como: acidente vascular encefálico, doença arterial periférica, insuficiência cardíaca, doença renal crônica, infarto agudo do miocárdio e doença arterial coronariana. Devido às consequências causadas pela doença, e à prevalência encontrada na área da UBS, o objetivo desse trabalho foi elaborar um projeto de intervenção sobre a HAS, na área de abrangência da “Unidade Básica de Saúde de Vermelhão” no município de Corrente, foi iniciado o estudo no período compreendido entre dezembro de 2017 e junho de 2018, em 262 hipertensos maiores de 18 anos de idade, cadastrados no Programa HIPERDIA. A média de idade foi de 60 anos e a maior prevalência de HAS foi no sexo feminino. As ações do projeto de intervenção serão executadas pela equipe de saúde. Com este trabalho esperamos melhorar o conhecimento dos usuários sobre o controle da doença, a qualidade das atividades do grupo, a relação dos usuários com a equipe, além de ações educativas necessárias para uma melhoria na qualidade de vida dos pacientes hipertensos participantes do projeto.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/13806
25/Sep/2019
  • Atenção Primária à Saúde
  • Hipertensão
  • Educação em Saúde