FICHA TÉCNICA DO RECURSO

A PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA PARA MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA DE PESSOAS SEDENTÁRIAS COM SOBREPESO
O sedentarismo é um processo histórico, que é consequência das mudanças nos hábitos do cotidiano das pessoas, o qual acaba gerando e acarretando várias doenças crônicas, sendo por isso considerado um dos maiores problemas de saúde pública. Através da observação dos pacientes com sobrepeso atendidos na UBS do bairro de Lourdes no município de Campo Maior-PI foi constatado que os mesmos não praticavam nenhuma atividade física e apresentavam baixo nível da qualidade de vida, justificando a realização deste. Nessa perspectiva objetivou-se com este estudo, elaborar um plano de ação com medidas que diminuam e/ou erradiquem o sedentarismo nos pacientes dessa UBS a fim de investigar se a prática regular de alguma atividade física orientada contribui, em curto prazo, para a redução de sobrepeso ou obesidade e melhora da qualidade de vida das pessoas sedentárias. Para tanto, foi elaborado um plano operativo com o intuito de traçar metas e objetivos de situações problema que envolve indivíduos com o comportamento sedentário. Nesse sentido se faz necessário enfatizar que a motivação desses indivíduos para a prática de atividade física é essencial para que se obtenha conhecimento de seu cotidiano e assim poder realizar intervenções mais eficientes quanto à melhora da qualidade de vida, pois auxilia no controle das mudanças ocorridas pelo processo vital uma vez que traz benefícios além da saúde, voltadas para o seu aspecto social e psicológico.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/13835
12/Oct/2019
  • Comportamento Sedentário
  • Atividade Motora
  • Qualidade de Vida