FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Hipertensão arterial sistêmica - um desafio factível de ser enfrentado na arquitetura do processo de trabalho em saúde
A Hipertensão Arterial Sistêmica tem alta prevalência e baixas taxas de controle. É considerado um dos principais fatores de risco modificáveis e um dos mais importantes problemas de saúde pública. A mortalidade por doença cardiovascular aumenta progressivamente com a elevação da pressão arterial, a partir de 115/75 mmHg de forma linear, contínua e independente. Em nosso país, as doenças cardiovasculares têm sido a principal causa de morte. Elas são responsáveis por alta freqüência de internações, ocasionando custos médicos e socioeconômicos elevados. O presente estudo centra-se na Hipertensão Arterial Sistêmica e tem como público-alvo os usuários hipertensos assistidos pela Estratégia de Saúde da Família "Urdindo Cuidados Tecendo Saúde" da cidade de Resende Costa, Minas Gerais. Acreditando no potencial da Estratégia de Saúde da Família faço uma proposta de intervenção nos grupos de hipertensos assistidos, com a finalidade de ajudar a equipe a melhorar o seu desempenho junto aos usuários. Isto será possível através da implantação da estratégia de trabalho baseada na Técnica de Grupo Operativo de Enrique Pichón-Rivière. Para isto será oferecida uma capacitação para a Equipe Multiprofissional.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/14247
11/Dec/2019
::Hipertensão
::Saúde da Família
::Capacitação Profissional