FICHA TÉCNICA DO RECURSO

ADESÃO DOS HIPERTENSOS ÀS CONSULTAS DE ROTINA NA ATENÇÃO BÁSICA
As Doenças Cardiovasculares (DCV) são uma das maiores causas de óbitos no mundo, elas foram responsáveis por mais de 17 milhões de mortes no ano de 2008, dos quais três milhões ocorreram antes dos 60 anos de idade, essas mortes poderiam ser evitadas. A Hipertensão Arterial Sistêmica é um grande problema de saúde pública no mundo e também no Brasil. Sua prevalência no Brasil oscila entre 22% e 44% para adultos (32% em média), chegando a mais de 50% para indivíduos com 60 a 69.O Grupo dos Hipertensos é um dos que mais crescem nessa área de abrangência, que fica localizado em Redenção do Gurgueia na localidade “Brejão” Zona Rural, pessoas jovens estão se deparando com essa condição de saúde, por diversos fatores. Muitos desses clientes não são assíduos as consultas de rotina, dificultando assim a assistência e o tratamento. O objetivo desse trabalho é elaborar um plano de ação com esses usuários hipertensos afim de elevar o índice de consultas mensais dos pacientes Hipertensos cadastrados nas equipes de atenção básica do município de redenção do Gurgueia. O plano de ação visa correlacionar os hipertensos cadastrados que são assíduos as consultas Medicas e de Enfermagem com os que não comparecem as consultas. Desenvolver ações educativas com os hipertensos para melhorar a adesão ao tratamento e diminuir complicações.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/14665
12/Jan/2020
  • Hipertensão
  • Cooperação e Adesão ao Tratamento
  • Atenção Primária à Saúde