FICHA TÉCNICA DO RECURSO

PREVENÇÃO E RASTREAMENTO
Reconhecer a importância do rastreamento como forma de prevenção secundária para o Câncer do colo do útero e de mama e da prática da prevenção quaternária na tomada de decisão. O texto apresenta os critérios para que uma doença seja alvo de rastreamento e incentiva o reconhecimento das necessidades das mulheres do território.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/14681
21/Jan/2020
  • Prevenção de Doenças
  • Saúde da Mulher
  • Programas de Rastreamento