FICHA TÉCNICA DO RECURSO

FERRAMENTAS PARA O TRABALHO NA ABS
Sabemos que as concepções de saúde e doença dos profissionais de saúde se correlacionam diretamente com a forma como praticam o cuidado no contexto do Sistema Único de Saúde e da Atenção Básica. O cuidado baseado no modelo da integralidade da atenção à saúde pressupõe o trabalho em equipe, a organização do acesso à unidade básica de saúde e a integração com outras equipes e serviços. Assim, o objetivo deste minicurso é conhecer ferramentas que auxiliem na elaboração de um projeto de saúde no território, refletindo sobre como as equipes de Saúde da Família podem inseri-los em seu processo de trabalho. O curso apresenta as principais ferramentas para um trabalho de qualidade na Atenção Básica como: Territorialização, Diagnóstico Comunitário, Sistemas de Informação em Saúde, estudo de demanda, Abordagem Comunitária e Familiar, instrumentos de Ecomapa e Genograma e metodologias de visita domiciliar, para dar suporte à elaboração de um projeto de saúde no território. Possibilidades de trabalho conjunto entre os Centros Comunitários/Conselhos Locais de Saúde e as equipes de ESF e NASF, bem como identificará o papel da Atenção Básica no fortalecimento do Controle Social no SUS e na potencialização da participação popular. Ao final desse curso, espera-se que os conhecimentos possam ser aplicados no cotidiano dos profissionais de saúde e se revertam em melhor atenção aos usuários do SUS
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/14874
03/Apr/2020
2013
  • Saúde Pública
  • Saúde da Família
  • Planejamento em Saúde