FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Classificação de Risco
Existe um grande vácuo na discussão sobre como atender os pacientes que chegam às unidades básicas de saúde com sinais e sintomas agudos que necessitam de uma intervenção imediata. Uma das ferramentas apontadas para serem utilizadas concomitantes ao acolhimento são os protocolos capazes de classificar e priorizar os atendimentos, diminuindo o tempo de espera e, consequentemente, o risco de agravamento do caso, porém não existe consenso sobre o uso dos mesmos nos pacientes agudos e crônicos agudizados na atenção básica. Desta forma, o objetivo deste minicurso é apresentar a fundamentação teórica sobre o protocolo de Classificação de Risco na ABS e apresentar estratégias de implantação do acolhimento com classificação de risco no atendimento em unidade de saúde.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/15193
05/Jun/2020
2017

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Características da População (N01)
  • Saúde (N01.400)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)