FICHA TÉCNICA DO RECURSO

O uso de drogas na sociedade
(dc.subject.classification )
Saúde Mental
(dc.contributor.author )
Carneiro, Henrique
(unasus.evaluation )
2014::Graziella Barbosa Barreiros::expert
2014::Jaqueline Tavares de Assis::expert
2014::Kenya Schmidt Reibnitz::expert
2014::Marcia Aparecida Ferreira de Oli::expert
2014::Maria Tais de Melo::expert
2014::Renata de Cerqueira Campos::expert
(unasus.typicalLearningTime )
7h30
(dc.contributor.mainCoordinator )
Carneiro, Henrique
Oliveira, Walter Ferreira de
(dc.date.issued )
2014
(dc.date.available )
2015-01-09T16:38:42Z
(dc.date.accessioned )
2015-01-09T16:38:42Z
(dc.contributor.graphicalDesigner )
Sawczen, Fabrício
(dc.contributor.instructionalDesigner )
Sanfelici, Agnes
(dc.rights.holder )
Universidade Federal de Santa Catarina
(dc.identifier.uri )
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/1828
(dc.format.extent )
Conteúdo Online do módulo de Drogas e Sociedade, unidade 1: O uso de drogas na sociedade. Arquivo .zip contendo página html com recursos de texto, imagens e animações em flash. EQUIPE TÉCNICA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE: Alexandre Medeiros de Figueiredo Ana Carolina da Conceição Daniel Márcio Pinheiro de Lima Felipe Farias da Silva Graziella Barbosa Barreiros Jaqueline Tavares de Assis Mauro Pioli Rehbein Mônica Diniz Durães Patrícia Santana Santos Pollyanna Fausta Pimentel de Medeiros Roberto Tykanori Kinoshita
(dc.language.iso )
pt_BR
(dc.contributor.eadIllustrator )
Paschoal, Rafaella Volkmann
(dc.mediator )
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
(dc.audience.educationLevel )
Educação superior
(unasus.educationalDescription )
Apresentar a construção histórica do uso de drogas em diferentes sociedades e suas distintas repercussões na construção da política e na representação social do uso de drogas e do usuário, abrangendo os usos terapêuticos, sagrados, recreacionais e de aumento de desempenho e suas representações históricas. Problematizar ações que envolvem respeito, acolhimento, vínculo e confiança entre usuários e demonstrar a importância da atuação interdisciplinar.
(dc.location.country )
BRA
(dc.subject.keyword )
Descriminalização
Representações sociais
Substâncias psicoativas
(dc.subject.decs )
Saúde Mental
Usuários de Drogas
(dc.description.sponsorship )
Ministério da Saúde
(dc.audience.context )
Profissionais com formação em nível médio e nível universitário que atuassem no cuidado em saúde mental na Rede de Atenção Psicossocial. O módulo também é direcionado à sociólogos, arte terapeutas e técnicos educacionais.
(dc.audience.occupation )
Artesãos
Assistente administrativo
Assistente social
Enfermeiro
Farmacêuticos
Fisioterapeutas
Médicos clínicos
Musicoterapeuta
Nutricionistas
Pedagogo
Profissionais da educação física
Psicólogo clínico
Técnicos e auxiliares de enfermagem
Terapeuta ocupacional
(dc.rights.type )
Cessão parcial não exclusiva
(unasus.technicalRequirement )
Para a visualização desse recurso é necessária a instalação do programa Flash Player. Disponível em:
(dc.description.abstract )
A unidade trata do uso de substâncias psicoativas como condição estruturante, sendo seu consumo problematizado ou não e atenta para a diferença entre usuários eventuais e dependentes compulsivos, para a inexistência de padrões fixos e de respostas iguais ao cuidado e para a necessidade de cuidado adequado e particularizado que fomente a inclusão, a cidadania o respeito aos direitos individuais, diferente da internação fechada e compulsória, da contenção e da tutela. Mostra o uso cultural, devocional e medicamentoso de substâncias psicoativas, condicionado ao modelo clássico da moderação, sendo a abstinência total rara, aponta a tendência da sociedade moderna à compulsão e ao consumismo desequilibrado e o surgimento das drogas sintéticas tanto como conquista, quanto como problema, da criminalização e consequente criminalização. Trata do uso das substâncias psicoativas, no Brasil, desde os povos indígenas e escravos, chegando ao momento atual da proibição, criminalização. Aborda a tendência de hoje para a descriminalização e decorrente mudança de paradigma, e como as diferentes representações sociais do uso de drogas influenciam na organização do processo de cuidado, do estigma do preconceito e da exclusão, apontando para a necessidade de ampliar a discussão em torno de causas/consequências, ilegalidade/regulamentação, uma vez que reducionismo da abordagem implica reducionismo do cuidado em saúde publica. Apresenta links sobre panorama histórico e do o Congresso Internacional sobre Drogas (CID 2013). Unidade 1 do módulo 1 que compõe o Curso de Atualiza ção em Álcool e Outras Drogas, da Coerção à Coesão.
(dc.rights.license )
http://projetounasus.ufsc.br/termo_de_cessao_de_direitos_autorais.pdf
(unasus.learningResourceType )
Material multimídia
(dc.title )
O uso de drogas na sociedade
(dc.identifier )
https://unasus-cp.moodle.ufsc.br/pluginfile.php/15035/mod_resource/content/9/html/module1/unit1/topic1/page1.html
(dc.description.version )
1.0
(dc.relation.haspart )
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/1610