FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Ampliar a Cobertura e a Qualidade do Rastreamento do Câncer de Colo de Útero e de Mama da ESF José Sarney, Natal/RN
O trabalho de conclusão de curso apresenta uma intervenção em Atenção Primária à Saúde realizada entre os meses de agosto e novembro de 2014, em um serviço de Estratégia Saúde da Família, conhecido como ESF José Sarney, no município de Natal / RN, Brasil. Durante os quatro meses de intervenção foram realizadas ações específicas com o objetivo de melhorar a atenção e assistência direcionadas às mulheres para prevenção de câncer de mama e de colo uterino. As ações englobaram monitoramento e avaliação; qualificação da prática clínica; engajamento público e organização e gestão do Serviço. Na intervenção, seguiu-se as orientações do Ministério da Saúde, bem como utilizaram-se a ficha espelho e planilha de coleta de dados. Informações pré-intervenção foram coletadas e se mostraram que as coberturas para ambas as condições eram baixas, ou seja, (n, %) e (n, %), para Câncer de Mama e de Colo, respectivamente. Além disso, havia necessidade de melhorias, principalmente, quanto ao registro de informações bem como a oferta de orientações (prevenção). Durante a intervenção, conseguimos alcançar uma cobertura de 13,2% (17 mulheres) para Câncer de Mama e para Colo Uterino foi de 4,8% (77 mulheres). Durante os meses da intervenção as melhorias observadas foram: a) na busca ativa pelos Agentes Comunitários de Saúde melhoraram em qualidade, pois não somente se limitaram a procurar novas usuárias, como também realizaram busca ativa de usuárias faltosas e com exames em atraso; b) na criação de um sistema de cadastro e registro, pois isto, de forma indireta, melhorou a qualidade de atendimento clínico das usuárias já que o médico e a enfermeira dispuseram de dados com que trabalhar e isto se traduziu em melhoria da qualidade; c) com todas as reuniões de equipe que tivemos para organizar e falar sobre a intervenção, pois a equipe ficou mais capacitada para enfrentar este novo desafio. Durante os meses da intervenção, tivemos 15 (0,9%) mulheres entre 25 e 64 anos com exames em dia para detecção precoce do câncer de colo de útero no primeiro mês, 29 (1,8%), no segundo mês, 58 (3,6%) no terceiro mês, e 77 (4,8%) no quarto mês. O total de mulheres cadastradas com exame em dia para detecção precoce do câncer de mama no primeiro mês foi de 3 (2,3%), 7 (5,4%) no segundo mês, 12 (9,3%) no terceiro mês e 12 (9,3%) e no quarto mês alcançamos as meta de 17 (13,2%). Observou-se que a busca ativa pelos Agentes Comunitários de Saúde não somente se limitaram a procurar novas usuárias, como também realizaram busca ativa de usuárias faltosas e com exames em atraso. O cadastramento e os atendimentos clínicos tiveram a colaboração da Equipe e ajudou no acolhimento das usuárias. A realização contatos com as lideranças comunitárias foi importante nesta atividade preventiva. Ao incorporar estas ações programáticas na rotina do serviço, percebe-se que há necessidade de incentivos constantes, já que são importantes para que este tipo de assistência seja permanentemente qualificada.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/19153
21/Oct/2020

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Características da População (N01)
  • Saúde (N01.400)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Administração de Serviços de Saúde (N04)
  • Administração dos Cuidados ao Paciente (N04.590)
  • Assistência Integral à Saúde (N04.590.233)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Níveis de Atenção à Saúde (SP2.001)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Assistência à Saúde (SP2.016)
  • Assistência Integral à Saúde (SP2.016.122)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Saúde Ambiental (SP4)
  • Serviços de Saúde (SP4.002)

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Características da População (N01)
  • Saúde (N01.400)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)


  • DOENÇAS (C)
  • Neoplasias (C04)
  • Neoplasias por Localização (C04.588)
  • Neoplasias Urogenitais (C04.588.945)
  • Neoplasias dos Genitais Femininos (C04.588.945.418)
  • Neoplasias Uterinas (C04.588.945.418.948)
  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Urogenitais Femininas e Complicações na Gravidez (C13)
  • Doenças Urogenitais Femininas (C13.351)
  • Doenças dos Genitais Femininos (C13.351.500)
  • Doenças Uterinas (C13.351.500.852)
  • Doenças do Colo do Útero (C13.351.500.852.593)
  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Urogenitais Femininas e Complicações na Gravidez (C13)
  • Doenças Urogenitais Femininas (C13.351)
  • Doenças dos Genitais Femininos (C13.351.500)
  • Doenças Uterinas (C13.351.500.852)
  • Neoplasias Uterinas (C13.351.500.852.762)
  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Urogenitais Femininas e Complicações na Gravidez (C13)
  • Doenças Urogenitais Femininas (C13.351)
  • Neoplasias Urogenitais (C13.351.937)
  • Neoplasias dos Genitais Femininos (C13.351.937.418)
  • Neoplasias Uterinas (C13.351.937.418.875)

  • DOENÇAS (C)
  • Neoplasias (C04)
  • Neoplasias por Localização (C04.588)
  • DOENÇAS (C)
  • Doenças da Pele e do Tecido Conjuntivo (C17)
  • Dermatopatias (C17.800)
  • Doenças Mamárias (C17.800.090)