FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Atividade de educação e prevenção nas escolas e creches
O objeto começa com a ideia de que as atividades coletivas em saúde bucal estão relacionadas diretamente com trabalho em escolas. Mostra que a escola transformou-se em espaço da educação do autocuidado e da saúde, que passou a ser um tema que permeia todo o currículo escolar. Segue mostrando que os alunos são instruídos para práticas favoráveis à saúde e hábitos saudáveis, unificando o trabalho do professor e os profissionais da saúde para atuarem de forma conjunta e articulada e lembrando que o Índice de Higiene Oral Simplificado (IHOS) serve para monitoramento, além da necessidade de clareza dos objetivos a fim de dar um direcionamento às suas atividades. Propõe reflexões sobre saúde bucal na comunidade escolar e aponta os orientadores pedagógicos como importantes no planejamento das ações em conjunto com os professores e a Equipe de Saúde Bucal. Lembra também que, sob a lógica da ESF, a atuação deve estar inserida em um planejamento local de saúde, evitando trabalhos descontinuados que prejudicam e buscando apoio junto à gestão para garantir que o trabalho seja permanente e aos professores no enfrentamento de resistências. Termina listando ações educacionais que podem ser desenvolvidas pelos profissionais de saúde e clamando por entusiasmo e persistência. Unidade 4 do módulo 5 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família.
http://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/337
01/Oct/2012
2011

  • ANTROPOLOGIA, EDUCAÇÃO, SOCIOLOGIA E FENÔMENOS SOCIAIS (I)
  • Educação (I02)
  • Educação não Profissionalizante (I02.233)
  • Educação em Saúde (I02.233.332)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços (N02)
  • Serviços de Saúde (N02.421)
  • Serviços Preventivos de Saúde (N02.421.726)
  • Educação em Saúde (N02.421.726.407)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Meio Ambiente e Saúde Pública (N06)
  • Odontologia em Saúde Pública (N06.890)