FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Uma experiência integrada para reduzir o risco cardiovascular na área de abrangência do Programa de Saúde da Família I em Três Corações/Mg
Este estudo tem como objetivo identificar o risco cardiovascular na área do Programa de Saúde I (PSF1) e a construção de estratégias de intervenção. Para os usuários, um maior investimento da equipe em uma área tão susceptível a agravos impactaria na melhoria de sua qualidade de vida. Com o objetivo de diminuir as diversidades regionais e manter a responsabilidade sanitária dos diversos atores, reforçando o compromisso com os princípios do SUS e o fortalecimento da Atenção Básica. Foi realizada uma revisão de literatura sobre a construção de uma estratégia de intervenção para diminuir o risco cardiovascular na área do PSF l (Centro de Saúde Doutor Moacir Resende) para subsidiar as ações a serem desenvolvidas pela equipe de saúde da família do município de Três Corações/MG. Estima-se que número de indivíduos com Diabetes e Hipertensão tende a crescer no Brasil devido ao controle inadequado dos fatores associados ao desenvolvimento dessas doenças. Chama-se fator de risco cardiovascular o elemento ou característica associado ao risco (ou probabilidade) de ocasionar uma doença no coração ou nas artérias e veias. O termo é mais usado nas situações envolvidas na progressão da aterosclerose e determinação dos fatores causais de um infarto agudo do miocárdio. Buscamos durante o trabalho maior envolvimento da equipe do Programa de Saúde da Família (PSF) com sua área de abrangência, possibilitando a identificação de casos de risco cardiovascular. Este investimento modificará positivamente os hábitos e estilos de vida da população.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/4921
10/Oct/2016
Infarto do Miocárdio
Programa Saúde da Família