FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Proposta de criação de grupo ativo para aprimorar a assistência ao paciente com Diabetes mellitus tipo 2
O município de Sabará localiza-se à 12km da capital do estado de Minas Gerais e possui uma população de 127.897 pessoas. O município conta atualmente com sete Equipes de Saúde da Família cujo desafio é adequar a rotina de atendimento para melhor atender a população adscrita. Este trabalho se baseia na análise dos usuários do PSF Fátima 1, especificamente dos pacientes com diagnóstico de diabetes mellitus tipo 2 e aborda métodos de aprimorar a prevenção secundária nos portadores de tal morbidade. O diabetes mellitus é um distúrbio endócrino de alta prevalência, cujas complicações secundárias são debilitantes e dispendiosas. Foi observado um número alto de pacientes diabéticos com complicações microvasculares em estágio avançado na área de abrangência do PSF Fátima 1, atentando para a necessidade de voltar a rotina da unidade para a prevenção de tais consequências e para o controle glicêmico. Os objetivos deste estudo são a criação de um grupo ativo de pacientes com diagnóstico confirmado de diabetes mellitus e o acompanhamento regular destes pacientes, manejo a terapêutica e transmissão de informações que permitam a prevenção de complicações. Pretendemos atingir tais objetivos através da criação de grupo ativo com reuniões semanais incluindo pacientes e a Equipe de Saúde da Família. Será aferida a glicemia capilar e este valor será classificado como adequado ou inadequado de acordo com os padrões da Sociedade Brasileira de Diabetes. Além disso será avaliada a biometria e aferição de pressão arterial e serão discutidos temas de relevância para os pacientes. O acompanhamento será feito de acordo com o número de valores de glicemia considerados como adequados ou inadequados. Esperamos com a realização do grupo ativo obter um número crescente de valores de glicemia capilar considerados adequados segundo os padrões definidos neste estudo. Concluindo, a criação do grupo ativo de diabéticos permite um acompanhamento clínico e laboratorial regular destes pacientes e a transmissão de conhecimentos que culminam em melhor controle glicêmico e prevenção de complicações importantes.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/5659
10/Oct/2016
  • Diabetes mellitus
  • Complicações do diabetes
  • Epidemiologia
  • Prevenção secundária