FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Plano de ação: promoção do pré-natal pela equipe de saúde da família Branco do município Itacarambi em Minas Gerais
A gravidez traz consigo um elevado risco de morbimortalidade materna e infantil. Complicações na gestação e parto tem sido a principal causa de morte de mulheres em idade fértil em diversos países do mundo. Por isso e muito importante que o pré-natal comece cedo. O objetivo do trabalho foi elaborar um projeto de intervenção com a finalidade de começar a atenção pré-natal nas dez primeiras semanas da gestação, na área de abrangência da equipe de saúde branco, do município Itacarambi. Visando caracterizar as causas do início do pré-natal tardio se fez necessário identificar projetos importantes em relação ao tema e apresentar propostas que auxiliem a redução do início da atenção pré-natal de forma tardia. Utilizou-se o método de Planejamento Estratégico Situacional apontando as repercussões que podem ter para a grávida como para criança aqueles fatores de risco ou doenças que não forem diagnosticados e tratados adequadamente durante a atenção pré-natal. Tais intervenções promovem uma redução significativa de parto prematuro e baixo peso ao nascer. Nesse sentido o plano de ação visa reduzir o início do pré-natal tardio e aumentar a qualidade de atenção a mulheres gestantes.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/5878
10/Oct/2016