FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Plano de intervenções para aumento da adesão ao tratamento da hipertensão arterial sistêmica no município de Palma
A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) constitui um grave problema de saúde pública com prevalência maior em idosos. Além disso, a HAS é o principal fator de risco para o desenvolvimento de doenças cerebrovasculares e coronariopatias isquêmicas, o que gera grande impacto na morbimortalidade da população. Como objetivo geral buscou-se construir um plano de intervenções com vistas a melhorar a adesão dos usuários hipertensos ao tratamento da HAS, segundo a realidade do município de Palma-MG.e dentre os específicos estavam: Realizar revisão bibliográfica da temática e elaborar uma proposta de grupo educativo para acompanhamento e tratamento dos pacientes com hipertensão arterial sistêmica na Estratégia de Saúde da Família-3 (ESF-3) de Palma. Para a realização da proposta de intervenção foram realizadas ações em três etapas: diagnóstico situacional, levantamento bibliográfico e elaboração do plano de ação, através do Método do Planejamento Estratégico Situacional. O plano de Intervenções proposto visou uma abordagem educativa (criação de grupo de Hiperdia) com vistas a alcançar uma melhora na adesão ao tratamento. A revisão da literatura permitiu compreensão da fisiopatologia HAS, bem como das formas de tratamento e suas peculiaridades e das dificuldades socioculturais destes usuários em relação à adesão ao tratamento.Dentre as ações pensadas para este plano incluiu-se aquelas de cunho educativo de impacto direto sobre os usuários com hipertensão, mas também ações para superação dos desafios nas relações de trabalho da equipe de saúde da ESF3 de Palma/MG
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/5974
10/Oct/2016
  • Hipertensão
  • Recusa do Paciente ao Tratamento
  • Atenção Primária à Saúde