FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Melhoria da Atenção à Saúde da Criança de Zero a 72 Meses na UBS Crissiumal (esf Iv), Crissiumal/RS
(dc.identifier.uri)
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/6910
(dc.title)
Melhoria da Atenção à Saúde da Criança de Zero a 72 Meses na UBS Crissiumal (esf Iv), Crissiumal/RS
(dc.contributor.author)
Miguel Angel Moreno Arroyo
(dc.language.iso)
pt_BR
(dc.description.abstract)
Resumo ARROYO, Miguel Angel Moreno. Melhoria da atenção à saúde da criança de zero a 72 meses na UBS Crissiumal (ESF IV), Crissiumal/RS. 2016. 83f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Especialização em Saúde da Família) - Departamento de Medicina Social, Faculdade de Medicina, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2016. A infância é um período de suma importância no desenvolvimento humano, de modo que alguns dos agravos que encontramos na vida adulta como a obesidade, diabetes, hipertensão podem ter relação direta com a forma com que os hábitos e cuidados gerados na fase infantil foram encarados. Pensando nisso, no período de 18 de setembro a 11 de dezembro do ano 2015, equivalente a 12 semanas, foi realizada uma intervenção na equipe IV da UBS Crissiumal, município de Crissiumal, tendo por objetivo principal a melhoria da atenção à saúde das crianças de zero a 72 meses, que fazem parte da área de abrangência desta equipe. As ações foram desenvolvidas baseadas em quatro eixos: monitoramento e avaliação, organização e gestão do serviço, qualificação da prática clínica e engajamento público. Utilizamos como protocolo o Caderno de Atenção Básica n° 33 Saúde da criança: crescimento e desenvolvimento, do ano de 2012 e elaborado pelo Ministério da Saúde. A área de abrangência da equipe tem uma estimativa de 131 crianças, assim, no primeiro mês cadastramos e acompanhamos um total de 94 crianças (78,1%), no segundo mês atingimos 122 crianças (93,1%) e ao final da intervenção conseguimos cadastrar e acompanhar um total de 130 crianças, atingindo uma cobertura de 99,2% da população alvo. Além da cobertura elevada, obtivemos avanços muito importantes: todas as crianças foram monitoradas em relação ao crescimento; identificamos e acompanhamos todas as crianças com déficit ou excesso de peso; 100% das crianças ficaram com a vacinação em dia e aquelas com seis a 24 meses de idade receberam suplementação de ferro; as crianças faltosas forma buscadas e realizamos várias orientações sobre hábitos alimentares saudáveis e higiene bucal. De modo geral, a intervenção permitiu um melhor relacionamento e colaboração com os colegas da equipe da ESF e maior coesão das atividades desenvolvidas o que propiciou uma grande melhoria na qualidade do trabalho oferecido aos usuários. Palavras-chave: atenção primária à saúde; saúde da família; saúde da criança; puericultura; saúde bucal.
(dc.subject.keyword)
Atenção Primária / Saúde da Família
(dc.subject.keyword)
Atenção Primária à Saúde
(dc.subject.keyword)
Saúde da Criança
(dc.subject.keyword)
Puericultura
(dc.subject.keyword)
Saúde Bucal
(dc.subject.decs)
Saúde da Família
(dc.subject.decs)
Atenção Primária à Saúde
(dc.subject.decs)
Saúde da Criança
(dc.subject.decs)
Puericultura
(dc.subject.decs)
Saúde Bucal
(dc.location.country)
BRA
(dc.mediator)
Universidade Federal de Pelotas (UFPel)
(dc.format.extent)
84
(unasus.learningResourceType)
Trabalho de conclusão de curso
(dc.rights.holder)
Miguel Angel Moreno Arroyo
(dc.rights.holder)
Ailton Gomes Brant
(dc.rights.type)
Creative Commons (autorização para TCC)
(dc.rights.license)
Acesso aberto (leitura, impressão e download)
(dc.subject.classification)
Saúde da Criança
(dc.date.accessioned)
2016-10-20T18:33:50Z
(dc.date.available)
2016-10-20T18:33:50Z
(dc.type)
Trabalho de conclusão de curso
(dc.contributor.advisor)
Ailton Gomes Brant
(dc.date.accepted)
2/06/2016