FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Melhoria da Atenção à Saúde da Pessoa Idosa na ESF da Sede, Faxinal do Soturno/RS
MARTINEZ, Mabel Merlán. Melhoria da Atenção à Saúde da Pessoa Idosa na ESF da Sede, Faxinal do Soturno/RS. 2015. 84f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Especialização em Saúde da Família) - Departamento de Medicina Social, Faculdade de Medicina, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2015. A Intervenção tem como foco a saúde do idoso e foi motivada pelo elevado índice de envelhecimento existente no município, sendo um dos mais envelhecidos da região, o que exige uma maior qualificação por parte dos profissionais para a atenção aos idosos, embasada nos protocolos do Ministério de Saúde bem como uma mudança na percepção dos profissionais da saúde e da população sobre o envelhecimento. Esse trabalho tem como objetivo principal a qualificação da atenção à saúde do idoso na ESF da Sede do município Faxinal do Soturno/RS. Com uma estimativa de 368 idosos, ao início da intervenção pois não se existia o cadastro certeiro do total de idosos da área de abrangência. A intervenção foi realizada no período de doce semanas, utilizando como instrumentos a ficha espelho para cada usuário e uma planilha de coleta de dados mensal. Fizemos a análise dos dados coletados, e os resultados revelaram que foram incorporados ao programa 332 idosos, com 86.2% de cobertura da atenção. Destaca-se que 100% dos idosos tiveram avaliação multidimensional rápida, exame clínico apropriado em dia, assim como solicitação de exames complementares periódicos em dia para os hipertensos e/ou diabéticos. Vale destacar que 78,2% dos idosos cadastrados receberam prescrição de medicamentos da Farmácia Popular e que 46 (100%) dos usuários acamados ou com problemas de locomoção foram cadastrados e receberam visita domiciliar. Identificamos também que 100% dos idosos tiveram verificação da pressão arterial na última consulta e todos os idosos hipertensos foram rastreados para diabetes. Quanto à necessidade de atendimento odontológico e com primeira consulta odontológica programática alcançamos 49.4% dos usuários avaliados. Observa-se que 100% de idosos estão com registro na ficha de acompanhamento/espelho e 65, 59.9 % foram assistidos com Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa. Todos os usuários estudados estão com avaliação para fragilização na velhice e de rede social em dia. Quanto às atividades de promoção da saúde, 100% dos idosos receberam orientação nutricional para hábitos alimentares saudáveis, sobre higiene bucal e sobre a prática regular de atividade física. Com a implementação da ação programática garantimos uma abordagem integral e multifatorial aos idosos baseados em ações de promoção e prevenção da saúde, o que possibilitou a avaliação funcional destes usuários, garantindo e melhorando sua qualidade de vida, assim como um envelhecimento ativo e mais saudável nesta faixa etária.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/7208
20/Oct/2016
  • Saúde da Família
  • Atenção Primária à Saúde
  • Saúde do Idoso
  • Assistência Domiciliar
  • Saúde Bucal