FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Atenção integral à saúde da criança: questões da prática assistencial para enfermeiros
É de conhecimento comum na enfermagem que a atenção integral à saúde compete tanto à abordagem assistencial, quanto a fatores determinantes e condicionantes da saúde, como a influência da família e do meio ambiente na saúde da criança. Para tanto, este material traz uma abordagem diferenciada das ações assistenciais da enfermagem como base as recomendações da estratégia Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância (AIDPI). O objetivo da estratégia AIDPI não é estabelecer um diagnóstico específico de uma determinada doença, mas identificar sinais clínicos que permitam a avaliação e classificação adequada do quadro e fazer uma triagem rápida quanto à natureza da atenção requerida pela criança: encaminhamento urgente a um hospital, tratamento ambulatorial ou orientação para cuidados e vigilância no domicílio
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/7822
08/Feb/2017

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)
  • Saúde da Criança (SP2.006.032)

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Características da População (N01)
  • Saúde (N01.400)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)


  • DOENÇAS (C)
  • Condições Patológicas, Sinais e Sintomas (C23)
  • Sinais e Sintomas (C23.888)
  • Sinais e Sintomas Digestórios (C23.888.821)
  • Diarreia (C23.888.821.214)