FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Patologias do aparelho reprodutor feminino
O objeto principia ressaltando que o câncer de mama e o câncer de colo uterino são os que mais matam mulheres no país. Mostra que, no Brasil, a média geral de cobertura do exame de Papanicolau atinge apenas 13,5% das mulheres, e apenas aproximadamente 65% das amostras coletadas são consideradas aceitáveis, ressaltando a importância dos serviços de atenção básica de saúde no esclarecimento, orientação e captação das mulheres para a realização de exames preventivos. Detalha que é preciso se atentar aos fatores de risco nos ciclos de vida. Sobre o câncer de mama, apesar de ser considerado um câncer de relativamente bom prognóstico, enfatiza que as taxas de mortalidade continuam elevadas no Brasil, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estágios avançados, por isso é preciso dar atenção especial às mulheres que apresentam esse tipo de câncer. Já sobre o câncer de colo de útero, identifica que os achados clínicos dependem do estágio da doença, e as suspeitas podem ser assintomáticas ou partir dos seguintes sinais e sintomas: sangramento irregular, sinusiorragia, dor no baixo ventre, hematúria, enterorragia, secreção vaginal fétida e eventual achado de colo uterino heterogêneo ao ultrassom. Lembra que o Papanicolau é um exame preventivo para o câncer de colo uterino, eventualmente se prestando a diagnosticar algumas infecções, como candidíase e vaginose. Termina focando que o Ministério da Saúde possui uma série de programas e políticas para a prevenção e a detecção precoce do câncer ginecológico. Unidade 6 do módulo 6 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/786
08/Oct/2013
2011

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Características da População (N01)
  • Saúde (N01.400)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Políticas, Planejamento e Administração em Saúde (SP1)
  • Políticas Públicas de Saúde (SP1.001)
  • Sistemas de Saúde (SP1.001.012)
  • Sistemas Nacionais de Saúde (SP1.001.012.010)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Direito Sanitário (SP9)
  • Seguridade Social (SP9.160)


  • TÉCNICAS E EQUIPAMENTOS ANALÍTICOS, DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS (E)
  • Diagnóstico (E01)
  • Técnicas e Procedimentos Diagnósticos (E01.370)
  • Exame Físico (E01.370.600)

  • DOENÇAS (C)
  • Neoplasias (C04)
  • Neoplasias por Localização (C04.588)
  • Neoplasias do Sistema Digestório (C04.588.274)
  • Neoplasias Gastrointestinais (C04.588.274.476)
  • Neoplasias Intestinais (C04.588.274.476.411)
  • Neoplasias Colorretais (C04.588.274.476.411.307)
  • DOENÇAS (C)
  • Doenças do Sistema Digestório (C06)
  • Neoplasias do Sistema Digestório (C06.301)
  • Neoplasias Gastrointestinais (C06.301.371)
  • Neoplasias Intestinais (C06.301.371.411)
  • Neoplasias Colorretais (C06.301.371.411.307)
  • DOENÇAS (C)
  • Doenças do Sistema Digestório (C06)
  • Gastroenteropatias (C06.405)
  • Neoplasias Gastrointestinais (C06.405.249)
  • Neoplasias Intestinais (C06.405.249.411)
  • Neoplasias Colorretais (C06.405.249.411.307)
  • DOENÇAS (C)
  • Doenças do Sistema Digestório (C06)
  • Gastroenteropatias (C06.405)
  • Enteropatias (C06.405.469)
  • Doenças do Colo (C06.405.469.158)
  • Neoplasias Colorretais (C06.405.469.158.356)
  • DOENÇAS (C)
  • Doenças do Sistema Digestório (C06)
  • Gastroenteropatias (C06.405)
  • Enteropatias (C06.405.469)
  • Neoplasias Intestinais (C06.405.469.491)
  • Neoplasias Colorretais (C06.405.469.491.307)