FICHA TÉCNICA DO RECURSO

O papel da equipe de saúde da família na realidade atual do país
Este objeto começa abordando características históricas e transformações dos indicadores de taxa de fecundidade e de uso de anticoncepcionais por grupo etário no Brasil e na sua área de abrangência. Ressalta três pesquisas nacionais sobre demografia e saúde, realizadas em 1986, 1996 e 2006. Lembra que a taxa de fecundidade entre 1992 e 2008 caiu em todas as faixas de renda e traz duas tabelas sobre taxas específicas de fecundidade por idade e taxa de fecundidade total, realizada pela Pesquisa Nacional sobre Demografia e Saúde (PNDS) em 2006, mostrando através de dados as mudanças que aconteceram no país neste contexto. Mostra que as ações de planejamento familiar têm três eixos principais, que são o aumento da oferta de métodos anticoncepcionais; a ampliação do acesso à esterilização cirúrgica voluntária; e a introdução da atenção à reprodução humana assistida no SUS. Enfatiza que ações educativas são importantes, pois com mais informação e acesso aos métodos anticoncepcionais, muitas mulheres desistiriam da cirurgia e optariam por outros métodos contraceptivos. Termina enfocando que existe ampla disponibilidade de métodos anticoncepcionais, tanto para homens quanto para mulheres, e que o médico e demais membros da equipe devem orientar mulheres e casais a respeito dos diferentes métodos contraceptivos disponíveis. Unidade 4 do módulo 6 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/789
17/Oct/2013
2011

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Características da População (N01)
  • Saúde (N01.400)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Políticas, Planejamento e Administração em Saúde (SP1)
  • Políticas Públicas de Saúde (SP1.001)
  • Sistemas de Saúde (SP1.001.012)
  • Sistemas Nacionais de Saúde (SP1.001.012.010)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Direito Sanitário (SP9)
  • Seguridade Social (SP9.160)


  • COMPOSTOS QUÍMICOS E DROGAS (D)
  • Ações Químicas e Utilizações (D27)
  • Ações Farmacológicas (D27.505)
  • Efeitos Fisiológicos de Drogas (D27.505.696)
  • Substâncias para o Controle da Reprodução (D27.505.696.875)
  • COMPOSTOS QUÍMICOS E DROGAS (D)
  • Ações Químicas e Utilizações (D27)
  • Ações Farmacológicas (D27.505)
  • Usos Terapêuticos (D27.505.954)
  • Substâncias para o Controle da Reprodução (D27.505.954.705)