FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Obesidade: definição, histórico e seus problemas
O objeto começa lembrando que a obesidade é reconhecida hoje como importante problema de saúde pública e traz dados sobre o assunto. Ressalta que a obesidade pode ser consequente de múltiplos fatores, podendo ser de ordem individual ou por fatores ambientais, e possui dimensões sociais, biológicas e psicossociais, abrangendo a população como um todo, não se restringindo a grupos determinados por faixa etária ou ordem socioeconômica. Comenta que a percepção social de saúde-doença interfere intimamente na busca ou não por assistência à saúde e que a obesidade está integrada ao grupo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANT). Explica que a obesidade traz consequências graves, mas que tais riscos devem ser avaliados considerando três pontos importantes combinados ao fato de o peso corporal ser excedente ao considerado adequado para cada indivíduo: a idade de aparecimento do fenômeno, duração e padrões de oscilações do peso. Aprofunda a importância do Índice de Massa Corpórea (IMC). Aborda a classificação da obesidade e a avaliação, ressaltando estratégias que podem ser usadas nessa avaliação. Termina enfatizando características psicológicas e fatores que o indivíduo obeso enfrenta, salientando que, por isso, ele necessita de apoio da família, dos amigos, da sociedade em si, e, não menos importante, de um profissional que o assista. Unidade 6 do módulo 7 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/813
04/Nov/2013
2011
  • Saúde da Família
  • Sistema Único de Saúde
  • Saúde do Adulto
  • Obesidade