FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Diabetes mellitus
Este objeto inicia ressaltando que o Diabetes Mellitus (DM) é um grupo de doenças metabólicas cujo nível elevado de glicose no sangue é decorrente de defeitos na secreção e/ou na ação da insulina. Segue ressaltando que a hiperglicemia está associada a complicações, disfunções e insuficiência de vários órgãos, principalmente olhos, rins, nervos, cérebro, coração e vasos sanguíneos. Destaca que é uma das principais causas de mortalidade, doença cardiovascular, falência renal, amputação de membros inferiores e cegueira. Enumera os diferentes tipos de diabetes. Enfatiza que o diabetes tipo 2 vem sendo considerado como uma das grandes epidemias mundiais e detalha fatores indicativos de maior risco e os tipos de complicações. Ressalta que o monitoramento dos níveis de glicemia é fundamental, pois permite ajustar o tratamento e o controle dos níveis de glicose sanguínea. Salienta que para conseguir níveis de glicemia normais é preciso observar cinco componentes: tratamento nutricional, exercício físico, monitoração glicêmica, terapia farmacológica e educação para a saúde. Reforça através de uma animação as complicações que podem ocorrer, como a hipoglicemia, a cetoacidose metabólica (DKA), a síndrome não-cetótica hiperosmolar hiperglicêmica, a hipernatremia e a osmolaridade aumentada, e as complicações crônicas. Termina lembrando que as pessoas idosas podem não reconhecer os sintomas de hipoglicemia e que a desidratação deve ser uma preocupação nas pessoas que apresentam níveis sanguíneos de glicose cronicamente elevados. Unidade 4 do módulo 7 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/826
04/Nov/2013
2011
  • Saúde da Família
  • Sistema Único de Saúde
  • Saúde do Adulto
  • Diabetes Mellitus
  • Enfermagem