FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Projeto de intervenção em hipertensão arterial na área de abrangência da UBS "Padre Liberio" do município de Pará de Minas/MG
A Hipertensão Arterial Sistémica é uma condição clínica multifatorial, caracterizada por níveis elevados da pressão arterial, frequentemente associada a alterações de órgãos alvo e, por conseguinte, a aumento do risco de eventos cardiovasculares. Inquéritos populacionais em cidades brasileiras apontaram prevalência de Hipertensão em indivíduos com 18 a 59 anos de idade, entre 20 e 30%, percentual que atinge 50% na faixa etária de 60 a 69 anos e 75% em indivíduos com idade acima de 70 anos (MENDES, 2011). Em Minas Gerais, a SES/MG estima prevalência de Hipertensão na ordem de 20% em sua população com idade igual ou superior a 20 anos. Os casos de hipertensão arterial na comunidade assistida pela UBS "Padre Líberio" também apresentam preocupação. A comunidade mantém estilo de vida não saudável, consumo aumentado de sal na alimentação, ingestão excessiva de álcool e tabagismo exacerbado, dieta hipercalórica e sedentarismo. O presente estudo tem como objetivo elaborar um plano de intervenção identificando os fatores determinantes do aumento de hipertensos residentes na área de abrangência com intuito de diminuir os casos de HA e riscos associados. Diante ao método do Planejamento Estratégico Situacional, elaborou-se um projeto de intervenção a partir de três etapas: o diagnóstico situacional em saúde, a revisão de literatura e a elaboração do plano operativo. Este trabalho vai a contribuir para que a Equipe de saúde perceba quais são os principais fatores predisponentes (modificáveis e não modificáveis) de aumento da hipertensão na comunidade para fazer intervenções através do plano de ação. Espera-se que este Projeto possibilite a redução da morbidade e mortalidade relacionada aos hipertensos da Unidade Básica de Saúde, assim como a melhora na qualidade de vida dos mesmos.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/8294
07/Apr/2017

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Cardiovasculares (C14)
  • Doenças Vasculares (C14.907)

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Administração de Serviços de Saúde (N04)
  • Administração dos Cuidados ao Paciente (N04.590)
  • Assistência Integral à Saúde (N04.590.233)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Níveis de Atenção à Saúde (SP2.001)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Assistência à Saúde (SP2.016)
  • Assistência Integral à Saúde (SP2.016.122)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Saúde Ambiental (SP4)
  • Serviços de Saúde (SP4.002)

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Políticas, Planejamento e Administração em Saúde (SP1)
  • Políticas Públicas de Saúde (SP1.001)
  • Estratégias (SP1.001.007)
  • Estratégias Nacionais (SP1.001.007.023)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)
  • Saúde da Família (SP2.006.052)