FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Plano de intervenção para aumentar o conhecimento dos fatores do risco associados à hipertemsão arterial sistêmica da população da UBS Cruzinha - Minas Novas
A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é um problema grave de saúde pública no Brasil e no mundo, sendo um dos mais importantes fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, cerebrovasculares e renais. O objetivo deste trabalho é elaborar um plano de intervenção, visando à melhoria do conhecimento dos usuários sobre os fatores de risco associados em pacientes com HAS pertencentes da Unidade Básica de Saúde Cruzinha no Município Minas Novas - Minas Gerais. Através do diagnóstico situacional observou-se um percentual elevado de usuários da estratégia saúde da família, portadores HAS, com conhecimento insuficiente acerca da doença, sendo os nos críticos encontrados: Baixo nível de informação dos fatores do risco associados a HAS. Hábitos e estilos de vida incorretos, estrutura dos serviços de saúde não adequadas, processo de trabalho da equipe de saúde ineficiente para enfrentar o problema. A metodologia deste trabalho constitui-se de pesquisa bibliográfica na página oficial do Ministério da Saúde, em periódicos indexados na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), na base de dados Scientific Eletronic Library Online (SCIELO). Para o desenvolvimento do plano de ação foi utilizado o Método do Planejamento Estratégico Situacional (PES). Consideramos como palavras-chave: Hipertensão. Fatores de riscos associados. Atenção primária da saúde. O principal resultado esperado com este trabalho é a melhoria do conhecimento dos portadores de HAS da área adscrito acerca dos fatores do risco associado a doença e um maior autocuidado, ocasionando o controle da doença, a redução de complicações e a promoção da qualidade de vida e pra isso temos desenhado os projetos correspondentes pra cada nó critico encontrado.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/8296
07/Apr/2017
  • Hipertensão
  • Atenção Primária à Saúde