FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Ações de saúde para diminuir a alta prevalência de hipertensão arterial descompensada na população do PSF Teotônio Batista de Freitas, Pedro Leopoldo, MG: plano de intervenção
A Hipertensão arterial Sistêmica (HAS) constitui um problema de saúde em todo o mundo por sua crescente incidência e prevalência e associada à elevada morbidade e mortalidade devido às complicações que surgem em seu curso. Na comunidade de abrangência do PSF Teotônio Batista de Freitas, em Pedro Leopoldo, MG, o número de pessoas com esta doença tem aumentado, o que justifica a execução de um trabalho para o enfrentamento dessa situação. Este trabalho tem como objetivo geral elaborar um programa de intervenção para diminuir a alta prevalência de HAS descompensada em pacientes do PSF Teotônio Batista de Freitas e se justifica pela alta prevalência de pacientes com esta doença crônica descompensados, e pelos riscos de complicação. Para isso foi feita revisão da literatura, toda a equipe de saúde fez um analise onde foi exposto os problemas de saúde (diagnóstico situacional) e foram apresentadas prioridades para realizar um projeto de intervenção e dar solução a esses problemas (elaboração do plano de intervenção), contando também com recursos da própria unidade. As principais propostas apresentadas se resumem em mudar os modos de vidas inadequados e aumentar o grau de conhecimento da população hipertensa e aos que ficam em risco de sofrer dela, sobre as características da sua doença, fatores de risco e agravos, tratamento e complicações além da capacitação dos profissionais da ESF em relação a esta condição.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/8299
07/Apr/2017

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Cardiovasculares (C14)
  • Doenças Vasculares (C14.907)

  • TÉCNICAS E EQUIPAMENTOS ANALÍTICOS, DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS (E)
  • Técnicas de Pesquisa (E05)
  • Métodos Epidemiológicos (E05.318)
  • Estatística como Assunto (E05.318.740)
  • Probabilidade (E05.318.740.600)
  • Risco (E05.318.740.600.800)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde (N05)
  • Qualidade da Assistência à Saúde (N05.715)
  • Fatores Epidemiológicos (N05.715.350)
  • Causalidade (N05.715.350.200)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde (N05)
  • Qualidade da Assistência à Saúde (N05.715)
  • Mecanismos de Avaliação da Assistência à Saúde (N05.715.360)
  • Estatística como Assunto (N05.715.360.750)
  • Probabilidade (N05.715.360.750.625)
  • Risco (N05.715.360.750.625.700)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Meio Ambiente e Saúde Pública (N06)
  • Saúde Pública (N06.850)
  • Fatores Epidemiológicos (N06.850.490)
  • Causalidade (N06.850.490.625)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Meio Ambiente e Saúde Pública (N06)
  • Saúde Pública (N06.850)
  • Métodos Epidemiológicos (N06.850.520)
  • Estatística como Assunto (N06.850.520.830)
  • Probabilidade (N06.850.520.830.600)
  • Risco (N06.850.520.830.600.800)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Saúde Ambiental (SP4)
  • Fenômenos Biológicos (SP4.102)
  • Fenômenos Ecológicos e Ambientais (SP4.102.072)
  • Ecotoxicologia (SP4.102.072.092)
  • Poluição Ambiental (SP4.102.072.092.693)
  • Riscos Ambientais (SP4.102.072.092.693.334)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Epidemiologia e Bioestatística (SP5)
  • Epidemiologia (SP5.001)
  • Medidas de Associação, Exposição, Risco ou Desfecho (SP5.001.037)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Desastres (SP8)
  • Risco (SP8.473)
  • Medição de Risco (SP8.473.327)

  • PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA (F)
  • Comportamento e Mecanismos Comportamentais (F01)
  • Psicologia Social (F01.829)