FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Intervenção educativa para diminuir a incidência da hipertensão arterial sistêmica na área de abrangência da UBS Vânia Sousa Sobrinho
A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma doença de origem multifatorial, constituindo uns dos maiores problemas na área de saúde pública, especialmente em países desenvolvidos. Os principais fatores de risco da HAS são: estilo de vida não saudável, fatores hereditários, maus hábitos dietéticos, obesidade, sedentarismo, estresse, etc. Diante desse contexto, objetiva-se elaborar um projeto de intervenção educativa para prevenir a Hipertensão Arterial na comunidade do Marajá, atuando principalmente nos fatores de risco. A metodologia utilizada será um estudo prospectivo quase experimental (de intervenção), e compreende a realização de palestras e encontros educativos, mutirões na comunidade e capacitação da equipe de saúde, visando aumentar o nível de informação sobre HAS. Espera-se ao final do projeto melhoria do conhecimento da população sobre a doença e suas complicações, com o propósito de diminuir a incidência e prevalência da doença e os principais fatores de riscos.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/8841
29/May/2017

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Cardiovasculares (C14)
  • Doenças Vasculares (C14.907)

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)

  • ANTROPOLOGIA, EDUCAÇÃO, SOCIOLOGIA E FENÔMENOS SOCIAIS (I)
  • Educação (I02)
  • Educação não Profissionalizante (I02.233)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços (N02)
  • Serviços de Saúde (N02.421)
  • Serviços Preventivos de Saúde (N02.421.726)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Promoção da Saúde (SP2.021)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Desastres (SP8)
  • Administração de Desastres (SP8.946)
  • Educação em Desastres (SP8.946.234)