FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Proposta de redução do uso irracional de medicamentos em idosos: efeitos da poli farmácia
A composição etária da população modificou causando alterações epidemiológicas e demográficas. Esta situação fez a população utilizar mais os serviços de saúde, o que acresceu o consumo de medicamentos, ocorrendo assim a polifarmácia. O rápido processo de envelhecimento da população brasileira é discutido no que se refere às suas implicações sociais e de saúde pública. Tem-se observado não apenas no Brasil como no mundo todo, o aumento da expectativa de vida. Como se sabe, a população idosa é mais propensa ao uso de muitos medicamentos, tendo maiores possibilidades de sofrer os efeitos da poli medicação ou polifarmácia. Portanto tem relevância o estudo na ocorrência de interações na atenção básica à saúde, fato ainda pouco explorado. O foco multidisciplinar é arma poderosa através do auxílio prático com promoção de hábitos saudáveis. Esse estudo objetivou elaborar uma proposta de intervenção para sistematização do atendimento voltado a prevenção dos efeitos do uso irracional de medicamentos, principalmente nos idosos, no Município de Rio Preto/MG, com vistas à diminuição dos efeitos de poli farmácia com auxílio multidisciplinar para qualificação de hábitos saudáveis. Elaborou-se um Plano de Ação para ocorrer uma diminuição da poli medicação no Município. Concluiu-se que a educação em saúde, é necessária para regramento do uso indiscriminado e excessivo de medicamentos devendo influenciar na substituição da cultura de poli medicação pela prática de hábitos saudáveis. Essa educação proveniente da atenção primária deve promover participação ativa da equipe e também da família e da população em geral.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/8918
06/Jun/2017

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Administração de Serviços de Saúde (N04)
  • Administração dos Cuidados ao Paciente (N04.590)
  • Assistência Integral à Saúde (N04.590.233)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Níveis de Atenção à Saúde (SP2.001)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Assistência à Saúde (SP2.016)
  • Assistência Integral à Saúde (SP2.016.122)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Saúde Ambiental (SP4)
  • Serviços de Saúde (SP4.002)

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)