FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Plano de intervenção para melhorar a adesão terapêutica dos pacientes com depressão maior, na Unidade Básica de Saúde José Cavalcante de Araújo de Camaragibe - Alagoas
As síndromes depressivas são atualmente reconhecidas como um problema prioritário de saúde pública. Este trabalho se justifica pelo elevado número de pacientes com transtorno psiquiátrico (45 pacientes), sem adesão terapêutica e pelo risco aumentado de complicações e suas consequências. O objetivo é propor um plano de ação para melhorar a adesão dos pacientes ao tratamento e medicamentos usados pelos usuários com depressão maior. Para a efetivação dos objetivos, buscou-se elaborar um plano de intervenção, utilizando-se o método do Planejamento Estratégico Situacional (PES) segundo Campos, Faria, Santos (2010) e pesquisa bibliográfica nas bases de dados da LILACS e SciELO. Utilizou-se os descritores em Ciências da Saúde como: Adesão a diretivas antecipadas, agentes antipsicóticos, saúde mental, avaliação em enfermagem e enfermagem psiquiátrica . Com base nas informações sobre a situação de saúde, foram definidos nós críticos a serem trabalhados por meio de uma intervenção para aumentar a taxa de adesão e reduzir o número de usuários que estão com acompanhamento médico errado, definindo fluxo adequado de cuidado e de ações preventivas e por fim, garantir atendimentos de qualidade além de aumentar a qualidade de vida.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/8952
06/Jun/2017

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Administração de Serviços de Saúde (N04)
  • Qualidade da Assistência à Saúde (N04.761)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde (N05)
  • Qualidade da Assistência à Saúde (N05.715)
  • Mecanismos de Avaliação da Assistência à Saúde (N05.715.360)

  • COMPOSTOS QUÍMICOS E DROGAS (D)
  • Ações Químicas e Utilizações (D27)
  • Ações Farmacológicas (D27.505)
  • Efeitos Fisiológicos de Drogas (D27.505.696)
  • Depressores do Sistema Nervoso Central (D27.505.696.277)
  • Tranquilizantes (D27.505.696.277.950)
  • COMPOSTOS QUÍMICOS E DROGAS (D)
  • Ações Químicas e Utilizações (D27)
  • Ações Farmacológicas (D27.505)
  • Usos Terapêuticos (D27.505.954)
  • Fármacos do Sistema Nervoso Central (D27.505.954.427)
  • Depressores do Sistema Nervoso Central (D27.505.954.427.210)
  • Tranquilizantes (D27.505.954.427.210.950)
  • COMPOSTOS QUÍMICOS E DROGAS (D)
  • Ações Químicas e Utilizações (D27)
  • Ações Farmacológicas (D27.505)
  • Usos Terapêuticos (D27.505.954)
  • Fármacos do Sistema Nervoso Central (D27.505.954.427)
  • Psicotrópicos (D27.505.954.427.700)
  • Tranquilizantes (D27.505.954.427.700.872)

  • PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA (F)
  • Fenômenos Psicológicos (F02)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Características da População (N01)
  • Saúde (N01.400)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Administração de Serviços de Saúde (N04)
  • Administração dos Cuidados ao Paciente (N04.590)
  • Assistência Integral à Saúde (N04.590.233)
  • Processo de Enfermagem (N04.590.233.508)

  • DISCIPLINAS E OCUPAÇÕES (H)
  • Ocupações em Saúde (H02)
  • Enfermagem (H02.478)
  • Especialidades de Enfermagem (H02.478.676)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços (N02)
  • Serviços de Saúde (N02.421)
  • Cuidados de Enfermagem (N02.421.533)