FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Organização de demanda espontânea e programada de acordo com estratificação de risco
O presente projeto de intervenção trata-se de uma proposta de ação para a resolução de um problema observado no âmbito da organização do serviço na Unidade de Saúde da Família Centro I e objetiva implantar uma estratégia de acolhimento com estratificação de risco e de vulnerabilidades, de modo a evitar iniquidades e iatrogenias na assistência prestada, reorganizar o processo de trabalho em equipe e facilitar o acesso, a escuta qualificada e o atendimento às necessidades de saúde dos usuários. Para tal, sugere- se a construção de protocolo de atendimento e classificação de risco a ser seguido pela equipe, considerando a realidade da unidade e as especificidades da demanda local.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/9188
04/Jul/2017

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Políticas, Planejamento e Administração em Saúde (SP1)
  • Políticas Públicas de Saúde (SP1.001)
  • Estratégias (SP1.001.007)
  • Estratégias Nacionais (SP1.001.007.023)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)
  • Saúde da Família (SP2.006.052)

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Assistência à Saúde (SP2.016)
  • Humanização da Assistência (SP2.016.157)

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Administração de Serviços de Saúde (N04)
  • Administração dos Cuidados ao Paciente (N04.590)
  • Assistência Integral à Saúde (N04.590.233)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Níveis de Atenção à Saúde (SP2.001)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Assistência à Saúde (SP2.016)
  • Assistência Integral à Saúde (SP2.016.122)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Saúde Ambiental (SP4)
  • Serviços de Saúde (SP4.002)