FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Falha terapêutica em hipertensos e diabéticos na UBS Luis Vieira Timóteo, em Campo Alegre-AL
A hipertensão arterial sistêmica (HAS) e o diabetes mellitus tipo 2 (DM2) são osprincipais fatores de riscopara as doenças cardiovasculares, as quais, atualmente, são as principais causas de morbidade e mortalidade no mundo (29,2% da mortalidade). Devido a alta prevalência, a cronicidade, aos altos custos com internações hospitalares e ao alto grau de incapacitação por invalidez e aposentadoria precoce, a HAS e o DM2 são considerados graves problemas de saúde pública. Apesar de serem condições clínicas plenamente controláveis, o índice de falha terapêutica é alto, fato que aumenta o risco de complicações agudas e crônicas. Dessa forma o presente estudo objetivaidentificar os fatores que contribuem para uma má adesão à terapia proposta pela equipe de saúde nestes pacientes e a partir desse conhecimento elaborar um projeto de intervenção para a resolução de tal problema
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/9375
29/Aug/2017

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Administração de Serviços de Saúde (N04)
  • Administração dos Cuidados ao Paciente (N04.590)
  • Assistência Integral à Saúde (N04.590.233)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Níveis de Atenção à Saúde (SP2.001)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Assistência Integral à Saúde (SP2.122)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Saúde Ambiental (SP4)
  • Serviços de Saúde (SP4.002)

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Cardiovasculares (C14)
  • Doenças Vasculares (C14.907)

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Nutricionais e Metabólicas (C18)
  • Doenças Metabólicas (C18.452)
  • Transtornos do Metabolismo de Glucose (C18.452.394)
  • Diabetes Mellitus (C18.452.394.750)
  • DOENÇAS (C)
  • Doenças do Sistema Endócrino (C19)
  • Diabetes Mellitus (C19.246)