FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Redução do número de crianças obesas: um plano de intervenção
Nos últimos 20 anos, a população infantil enfrenta um acréscimo significativo nos índices de obesidade, possivelmente devido a hábitos alimentares inadequados e à inatividade física. O presente estudo foi realizado, tendo como base, as crianças da Escola Estadual Dr. João Eugênio Almeida, na região central de Poços de Caldas, e expõe uma relação entre a má nutrição e a obesidade na população, especialmente na infância, problema grave e crescente com consequências extremamente prejudiciais para a saúde. O objetivo desse trabalho foi propor um plano de intervenção a fim de orientar os educandos sobre a redução do sobrepeso e obesidade. Para a execução da proposta de intervenção foram realizadas três etapas: diagnóstico situacional, revisão da literatura e, por fim, elaboração do plano de intervenção. Após diagnóstico situacional definiu-se como prioridade a obesidade infantil sendo encontrado um número significativo de crianças com sobrepeso e obesidade através de avaliação antropométrica realizada na escola. Devido à amplitude do problema no município, essas intervenções agem a favor da conscientização de mudanças nos hábitos alimentares e abandono do sedentarismo abrangendo a equipe de saúde da família, crianças e familiares.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/9456
29/Aug/2017
  • Obesidade Pediátrica
  • Estilo de Vida Sedentário
  • Hábitos alimentares