Página de busca











Adicionar novo filtro:

33 RESULTADOS (1 a 10)
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    No início deste objeto é indicado navegar pelos quadros que sintetizam os principais agravos à saúde bucal infantil. O objeto inteiro sintetiza os fatores de risco relacionados a cada um dos problemas, indicando os sinais e exames complementares que podem facilitar o diagnóstico e as formas de tratamento recomendadas para cada um. Detalha cada u...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    O objeto começa com a ideia de que as atividades coletivas em saúde bucal estão relacionadas diretamente com trabalho em escolas. Mostra que a escola transformou-se em espaço da educação do autocuidado e da saúde, que passou a ser um tema que permeia todo o currículo escolar. Segue mostrando que os alunos são instruídos para práticas favoráveis ...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    O objeto inicia ressaltando que é preciso resolutividade diante dos principais agravos à saúde da criança, adverte que compete ao cirurgião-dentista lidar com segurança frente aos problemas e ainda questiona se o aluno conhece sobre as intervenções efetivas que podem ser realizadas na abordagem dos problemas. Além disso, ainda fornece o link par...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    Este objeto inicia afirmando que é necessário o compartilhamento das informações, no mínimo entre o médico e o enfermeiro, embora outros profissionais da saúde também devam ser considerados, lembrando que estratégias que permitam incluir os cuidados à saúde bucal na rotina de cuidados à criança devam ser sempre desenvolvidas. Segue mostrando as ...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    O objeto inicia indagando sobre as dificuldades do estabelecimento de um fluxo de encaminhamento de pacientes para a atenção secundária ou terciária e seu retorno, o que se faz necessário para que o sistema de encaminhamentos funcione e a qual a contribuição dos profissionais da saúde para isso. Lembra que a saúde bucal na ESF extrapola o limite...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    Este objeto começa indicando que, por ser tudo novidade, toda criança acaba ficando apreensiva na clínica odontológica, e por isso é preciso que o profissional desempenhe com cuidado o preparo psicológico da criança, além de mobilizar-se junto à equipe para evitar que a procura por consulta odontológica só ocorra por necessidade de intervenção. ...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    O objeto coloca a importância do trabalho com grupos nas ações de saúde coletiva na ESF, justamente por possibilitar o diálogo, a troca de experiências e a construção de conhecimentos, inclusive sendo fundamental por desenvolver ações dirigidas a pais, cuidadores e familiares da criança, porém, mostra que a dificuldade é envolver a família nesse...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    Este objeto começa introduzindo o conceito de que o trabalho integrado entre a equipe de saúde bucal e os agentes comunitários de saúde amplia a possibilidade do acesso das pessoas às ações de saúde bucal, pois tal parceria envolve o núcleo familiar com ações dirigidas aos problemas de saúde. Considera ainda que as ações de saúde bucal da crianç...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    O objeto começa mencionando o Programa Brasil Sorridente, que foi originado pela priorização da Saúde Bucal na atual gestão do Ministério da Saúde. Comenta sobre a ampliação do acesso aos serviços de Atenção Básica em Saúde Bucal e de Atenção Especializada, especialmente através da implantação dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO), b...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    Este objeto começa enaltecendo a fluoretação da água como sendo um método seguro, simples, efetivo, econômico, coletivo e recomendado por praticamente todas as organizações de saúde e que há mais de cinco décadas vem sendo utilizado no controle da cárie dentária, resultando em uma redução nos índices de cárie de até 60%. Comenta sobre os aspecto...