Página de busca








Adicionar novo filtro:

488 RESULTADOS (1 a 10)
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    O objeto inicia ressaltando que é preciso resolutividade diante dos principais agravos à saúde da criança, adverte que compete ao cirurgião-dentista lidar com segurança frente aos problemas e ainda questiona se o aluno conhece sobre as intervenções efetivas que podem ser realizadas na abordagem dos problemas. Além disso, ainda fornece o link par...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    Este objeto inicia afirmando que é necessário o compartilhamento das informações, no mínimo entre o médico e o enfermeiro, embora outros profissionais da saúde também devam ser considerados, lembrando que estratégias que permitam incluir os cuidados à saúde bucal na rotina de cuidados à criança devam ser sempre desenvolvidas. Segue mostrando as ...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    O objeto inicia indagando sobre as dificuldades do estabelecimento de um fluxo de encaminhamento de pacientes para a atenção secundária ou terciária e seu retorno, o que se faz necessário para que o sistema de encaminhamentos funcione e a qual a contribuição dos profissionais da saúde para isso. Lembra que a saúde bucal na ESF extrapola o limite...
  • Carcereri, Daniela Lemos
    01/Oct/2012
    Este objeto começa indicando que, por ser tudo novidade, toda criança acaba ficando apreensiva na clínica odontológica, e por isso é preciso que o profissional desempenhe com cuidado o preparo psicológico da criança, além de mobilizar-se junto à equipe para evitar que a procura por consulta odontológica só ocorra por necessidade de intervenção. ...
  • Moré, Carmen L. O. O.
    19/Dec/2013
    O objeto começa identificando que a organização de uma proposta de intervenção grupal tem relação direta com seu planejamento, tanto em possibilidades, como em limites. Mostra então aspectos como definição de objetivos principal e específicos, definição de lugar e horário, critérios e estratégias de inclusão e números de participantes.Lembra ain...
  • Moré, Carmen L. O. O.
    19/Dec/2013
    Objeto tem início com uma abordagem da importância do planejamento para a expressão subjetiva individual em uma participação grupal, de maneira que o grupo seja o espaço da trama grupal da expressão da dimensão individual, que depende muito da qualificação técnica dos profissionais que trabalham nesse contexto. Segue mostrando questões de cuida...
  • Moré, Carmen L. O. O.
    19/Dec/2013
    Este objeto começa mostrando que os grupos se classificam ou se categorizam conforme seu objetivo ou estratégia de ação, e explica que a abordagem, a duração e o objetivo de um grupo é que irão organizar ou caracterizar o seu funcionamento e as regras para alcançar as metas. Segue detalhando as características e conceitos de organização: aberto ...
  • Reibnitz Júnior, Calvino
    18/Dec/2013
    O objeto começa abordando as lesões reativas da mucosa bucal, que produzem alteração de volume da mucosa e cessam o crescimento com a remoção do estímulo que desencadeou o processo. Lembra que estímulos físicos, químicos ou biológicos podem produzir uma lesão, dependendo da sua intensidade, do seu tempo de ação e da capacidade de reação individu...
  • Ramos, Flávia Regina Souza
    19/Dec/2013
    Este objeto começa por relacionar a avaliação do crescimento com a influência de fatores genéticos e ambientais. Mostra ainda características da puberdade, estirão e desaceleração, e compara estirão do crescimento entre meninas e meninos. Faz um paralelo entre crescimento físico da adolescência e o intenso desenvolvimento biopsicossocial desta ...