FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Atividades educativas para o controle da hipertensão arterial na comunidade Nossa Senhora do Carmo em Coronel Fabriciano- Minas Gerais
O município de Coronel Fabriciano possui uma população estimada para 2017 de 110.326 habitantes em uma área de 221.252 Km² e localiza-se na região do vale do aço no estado de Minas Gerais. A rede de saúde do município é composta por 13 Unidades de Atenção Primária à Saúde e 14 equipes de Estratégia de Saúde da Família. As referências para a média e alta complexidade são os municípios de Belo Horizonte e Ipatinga, Governador Valadares, Tarumirim, Bom Jesus do Galho, Muriaé e Sabinópolis. A área de abrangência da equipe apresenta 934 famílias cadastradas em sua totalidade. As morbidades encontradas na UBS em estudo foram Hipertensão Arterial Sistêmica, Diabetes Mellitus, Pneumonia, Acidente Vascular Encefálico e dor precordial, sendo o problema priorizado na área de abrangência a hipertensão e seus "nós críticos". Os problemas foram hierarquizados de acordo com a importância, urgência e capacidade de enfrentamento da equipe. Portanto pretende-se elaborar uma proposta de intervenção para o desenvolvimento de ações educativas para o controle da Hipertensão Arterial Sistêmica na área de abrangência equipe de saúde da localidade Nossa Senhora do Carmo em Coronel Fabriciano. Utilizou-se o método de planejamento estratégico situacional, fazendo uma análise situacional e, a partir de revisão de literatura, uma descrição sobre o tema. Concluiu-se que os projetos "Hábitos e estilos de vida saudáveis na praça", "O controle da Hipertensão é de sua responsabilidade" e "Saber mais para cuidar Melhor" sejam apropriados para a modificação dos hábitos e estilo de vida dos pacientes hipertensos; para concientizar os pacientes sobre os fatores de risco da não adesão ao tratamento medicamentoso e quanto aos benefícios do uso contínuo de medicamentos; capacitar os profissionais da saúde no acolhimento, atendimento e fortalecimento do vínculo profissional/usuário, proporcionando-lhes um retorno positivo sobre a qualidade de vida e o sistema de saúde em geral. Espera-se que a execução do plano de ações possibilite a redução do alto índice da hipertensão arterial sistêmica e suas consequências na comunidade
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/14388
11/Dec/2019
C14.907.489::Hipertensão
E05.318.740.600.800::Risco
SP2.006.052.068::Educação em saúde
::Estratégia Saúde da Família