FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Trabalho com Grupos na Atenção Básica à Saúde
Para melhorar efetivamente os indicadores de saúde de uma determinada população, a equipes de Atenção Básica precisam desenvolver ações que permitam um melhor controle dos problemas, prevenção de doenças, e que, sobretudo, melhorem a condição de vida das pessoas. As atividades de grupo têm o potencial de atingir parcelas populacionais que necessitam de intervenções que contemplem ações educativas e de mudanças de hábitos. Eles possuem a característica de troca de experiências, tornando-se um espaço onde as pessoas possam falar sobre a vivência do adoecimento ou condição de vida e das maneiras que encontraram de agir no cotidiano, criando novas formas de superação dos seus problemas. O objetivo deste minicurso é apresentar as atividades em grupo como uma possibilidade de atuação das equipes de Atenção Básica realizadas com objetivo de atender efetivamente as necessidades da população sob suas responsabilidades. O curso apresenta as vantagens do trabalho em grupos na Atenção Básica, as ferramentas para identificação de demandas com base em dados obtidos no território, os diferentes tipos de grupos que podem formados e os aspectos que devem ser considerados no planejamento e execução dessas atividades. Ao final desse curso, espera-se que os conhecimentos possam ser aplicados no cotidiano dos profissionais de saúde e se revertam em melhor atenção aos usuários do SUS.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/15184
05/Jun/2020
2018

  • PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA (F)
  • Fenômenos Psicológicos (F02)
  • Psicofisiologia (F02.830)
  • Nível de Alerta (F02.830.104)

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Características da População (N01)
  • Saúde (N01.400)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)