FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Singularidades no cuidado da RAPS
A primeira unidade trata do manejo de crises no atendimento de usuários de álcool e outras drogas, a partir da identificação de sinais e sintomas, e dos diferentes aspectos dos quadros de intoxicação, abstinência, comorbidades, interação de drogas com medicações. Aborda, também, as dificuldades de relacionamento entre usuários e equipes. A segunda unidade mostra a construção do cuidado integral em rede às pessoas em vulnerabilidades pelo consumo de substâncias psicoativas apresentando dois contextos com três casos exitosos: um na CAPS AD de Jaraguá do Sul, SC; dois no trabalho integrado de CAPS AD III – Adulto; CAPS AD III Infanto-Juvenil; Unidades de Acolhimento – adulto e infanto-juvenil e Consultório na Rua, em São Bernardo do Campo, SP. Os casos mostram a atuação das equipes no cuidado integral buscando o atendimento às diferentes demandas e necessidades dos usuários, objetivando a construção da autonomia da cidadania e da reintegração social. Em ambas as unidades são apresentadas leituras complementares e referências.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/1724
24/Nov/2014
2014


  • DENOMINAÇÕES DE GRUPOS (M)
  • Pessoas (M01)

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Administração de Serviços de Saúde (N04)
  • Administração dos Cuidados ao Paciente (N04.590)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Assistência à Saúde (SP2.016)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Direito Sanitário (SP9)
  • Seguridade Social (SP9.160)
  • Sistema Único de Saúde (SP9.160.030)
  • Administração em Saúde Pública (SP9.160.030.010)
  • Diretrizes para o Planejamento em Saúde (SP9.160.030.010.010)