FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Caso complexo Danrley e Darlene
Darlene e Darnley são esposa e filho do Samuel, caso apresentado em outro momento do curso. Tem enfoque num contexto de cuidado materno-infantil do qual surgem vários outros temas a serem discutidos. Permite, portanto, uma reflexão sobre a complexidade que há nas consultas em atenção primária ao se abordarem as pessoas de forma integral, entendendo todo o seu contexto familiar e social. Permite, assim, a discussão da importância de um trabalho em equipe, que vai desde o olhar vigilante e acolhedor para a identificação de pacientes de risco na comunidade até a sua discussão e planejamento de cuidado por toda a equipe. É apresentada uma discussão sobre os níveis de abordagem familiar e sua importância na Saúde da Família. Além disso, o caso reflete sobre a necessidade de um olhar complexo também por parte de cada um desses profissionais para poder realmente acolher o paciente e suas necessidades, avançando sobre os desafios do trabalho em equipe. Propõe a reflexão sobre a consulta como um espaço em que os profissionais sempre estão intervindo psicologicamente sobre os indivíduos (mesmo que não saibam). Ao ser conjugado com o caso Samuel, igualmente acolhido pela equipe, permite um melhor entendimento sobre o olhar sistêmico, apresentando-se uma reflexão sobre os ciclos de vida familiar e abordagem de crises imprevisíveis, neste caso a perda de um filho e consequente quadro de depressão associado ao puerpério. Assim, surge ainda a necessidade de entendimento da puericultura além do foco biomédico, sendo necessário agregar conhecimentos para a construção do vínculo como espaço terapêutico com um olhar também para o sofrimento materno, permitindo uma escuta mais humanizada e acolhedora, não se esquecendo, porém, de outras questões importantes como a contracepção no puerpério. Aborda também outros temas como a medicina baseada em evidências e o trabalho com grupos. Por fim, trás o aprofundamento teórico dos seguintes temas - Puericultura - Depressão no puerpério - Aleitamento materno - Icterícia neonatal
http://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/225
27/Jun/2012
2012-05-14

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Características da População (N01)
  • Saúde (N01.400)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)

  • PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA (F)
  • Fenômenos Psicológicos (F02)



  • PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA (F)
  • Comportamento e Mecanismos Comportamentais (F01)
  • Comportamento (F01.145)
  • Comportamento Alimentar (F01.145.407)
  • FENÔMENOS E PROCESSOS (G)
  • Fenômenos Fisiológicos (G07)
  • Alimentos, Dieta e Nutrição (G07.203)
  • Fenômenos Fisiológicos da Nutrição (G07.203.650)
  • FENÔMENOS E PROCESSOS (G)
  • Fenômenos Fisiológicos (G07)
  • Alimentos, Dieta e Nutrição (G07.203)
  • Fenômenos Fisiológicos da Nutrição (G07.203.650)
  • Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Infantil (G07.203.650.220)
  • Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente (G07.203.650.220.500)
  • FENÔMENOS E PROCESSOS (G)
  • Fenômenos Fisiológicos (G07)
  • Alimentos, Dieta e Nutrição (G07.203)
  • Fenômenos Fisiológicos da Nutrição (G07.203.650)
  • Comportamento Alimentar (G07.203.650.353)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Ciências da Nutrição (SP6)
  • Nutrição de Grupos de Risco (SP6.021)
  • Nutrição do Lactente (SP6.021.057)

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais (C16)
  • Doenças do Recém-Nascido (C16.614)
  • Hiperbilirrubinemia Neonatal (C16.614.451)
  • DOENÇAS (C)
  • Condições Patológicas, Sinais e Sintomas (C23)
  • Processos Patológicos (C23.550)
  • Hiperbilirrubinemia (C23.550.429)
  • Hiperbilirrubinemia Neonatal (C23.550.429.249)