FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Abordagem da esquizofrenia e das síndromes psicóticas na APS
A esquizofrenia tem sido relatada em estudos recentes na América Latina e no Brasil com taxas de prevalência próximas a 1%. Isso significa que inevitavelmente encontraremos pacientes com esse transtorno mental nas áreas de abrangência das unidades de atenção primária. Algumas vezes esses pacientes apresentam dificuldade de procurar um serviço de maior complexidade devido a distância e, assim, demandam frequentes consultas nas unidade básicas. Torna-se, portanto, fundamental, em algumas circunstâncias, que a atenção primária saiba manejar esses pacientes. Nessa Workshop iremos revisar o manejo da esquizofrenia com o foco na atenção básica.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/2669
10/Aug/2015
2014