FICHA TÉCNICA DO RECURSO

AVALIAÇÃO DO CALENDÁRIO VACINAL EM MENORES DE 01 ANO EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DE CAMPO GRANDE/MS
O Programa Nacional de Imunizações tem como objetivo, em primeira instância, o controle de doenças imunopreveníveis através de amplas coberturas vacinais, para que a população possa ser provida de adequada proteção imunitária contra as doenças abrangidas pelo programa. Entretanto, continua sendo comum a perda de oportunidade de vacinação durante os encontros da criança ou da família com o serviço e os profissionais de saúde com consequente prejuízo da cobertura vacinal. A Atenção Básica, em especial a Estratégia de Saúde da Família, apresenta um contexto privilegiado para o desenvolvimento das práticas educativas em saúde, uma vez que as próprias características do serviço contribuem para este desenvolvimento em função da maior proximidade com a população e a ênfase nas ações de prevenção e promoção. Este Projeto de Intervenção objetivou capacitar os ACS da UBS Tiradentes em Campo Grande - MS, através de Ações Educativas ofertando esclarecimento quanto o Calendário Vacinal Infantil definido pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI). Este Projeto de Intervenção foi relevante, pois a Imunização é tema de interesse para todos os profissionais de saúde. Ao mesmo tempo, é assunto extenso e em constante transformação. Na prática diária, é difícil manter-se atualizado sobre este tema. Muitas vezes, falta tempo para leituras mais detalhadas, e o que o profissional necessita é um processo de educação permanente para esclarecimento de dúvida específica ou para definição de uma determinada conduta.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/4230
10/Oct/2016

  • ANTROPOLOGIA, EDUCAÇÃO, SOCIOLOGIA E FENÔMENOS SOCIAIS (I)
  • Educação (I02)
  • Educação não Profissionalizante (I02.233)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços (N02)
  • Serviços de Saúde (N02.421)
  • Serviços Preventivos de Saúde (N02.421.726)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Promoção da Saúde (SP2.021)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Desastres (SP8)
  • Administração de Desastres (SP8.946)
  • Educação em Desastres (SP8.946.234)

  • TÉCNICAS E EQUIPAMENTOS ANALÍTICOS, DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS (E)
  • Terapêutica (E02)
  • Terapia Biológica (E02.095)
  • Imunomodulação (E02.095.465)
  • Imunoterapia (E02.095.465.425)
  • TÉCNICAS E EQUIPAMENTOS ANALÍTICOS, DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS (E)
  • Técnicas de Pesquisa (E05)
  • Técnicas Imunológicas (E05.478)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços (N02)
  • Serviços de Saúde (N02.421)
  • Serviços Preventivos de Saúde (N02.421.726)
  • Prevenção Primária (N02.421.726.758)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Meio Ambiente e Saúde Pública (N06)
  • Saúde Pública (N06.850)
  • Prática de Saúde Pública (N06.850.780)
  • Controle de Doenças Transmissíveis (N06.850.780.200)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Meio Ambiente e Saúde Pública (N06)
  • Saúde Pública (N06.850)
  • Prática de Saúde Pública (N06.850.780)
  • Prevenção Primária (N06.850.780.680)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Prevenção de Doenças (SP2.026)
  • Prevenção Primária (SP2.026.182)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Saúde Ambiental (SP4)
  • Serviços de Saúde (SP4.002)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Desastres (SP8)
  • Administração de Desastres (SP8.946)
  • Prevenção e Mitigação (SP8.946.819)